no

12 curiosidades interessantes sobre Brunei

Embora Brunei seja um lugar muito pouco falado, muitos fatos interessantes estão associados a esta nação, alguns dos quais mencionamos aqui!

Brunei
Foto: Pixabay

Localizado na parte norte da ilha de Bornéu, o pequeno sultanato de Brunei possui uma das economias mais prósperas do Sudeste Asiático. As reservas de petróleo e gás natural do país são a principal fonte de sua riqueza.

Embora seja um lugar muito pouco falado, muitos fatos interessantes estão associados a esta nação, alguns dos quais mencionamos abaixo:

1. O Sultão Hassanal Bolkiah, atual monarca reinante de Brunei, ascendeu ao trono em 5 de outubro de 1967, o que o torna o monarca vivo com o segundo reinado mais longo do mundo, ficando atrás somente da Rainha Elizabeth II da Grã-Bretanha. A coleção de carros de Hassanal Bolkiah é a maior do mundo, consistindo de aproximadamente 7.000 veículos com um valor combinado estimado em mais de US$ 5 bilhões. Ele possui, inclusive, uma limousine banhada a ouro de 24 quilates.

Foto: Reprodução / YouTube

2. O Sultão de Brunei é o monarca absoluto da nação. Na prática, ele atua como primeiro-ministro, ministro da defesa, ministro das finanças e autoridade executiva plena. Embora Brunei tenha um parlamento, nenhuma eleição foi realizada nas últimas décadas. O sistema jurídico do país é baseado na lei comum inglesa e na lei islâmica (Sharia), sendo que este último substitui o primeiro em casos críticos.

3. A mansão Istana Nurul Iman é a residência oficial do Sultão de Brunei, servindo também como sede do governo do país. O palácio está localizado em uma paisagem pitoresca às margens do rio Brunei e conta com 1.788 quartos, 257 banheiros, uma mesquita, uma garagem com espaço para 110 carros, 5 piscinas, um enorme salão de banquetes e muito mais.

4. Frequentemente apelidado de “Veneza do Oriente”, Kampong Ayer é um assentamento histórico no rio Brunei, que passa pela cidade de Bandar Seri Begawan. A característica mais interessante deste povoado é que ele foi construído sobre o rio, possuindo casas e outras construções apoiadas em palafitas. Os edifícios são interligados por passarelas e pontes que criam um assentamento contíguo, o que o torna um curioso destino turístico.

Foto: Wikimedia Commons

5. Em junho de 2013, Brunei se tornou o primeiro país asiático a proibir a remoção das barbatanas de tubarão, que é uma prática cruel e prejudicial à sobrevivência de muitas espécies. Essa medida que foi aplaudida por organizações conservacionistas em todo o mundo e, através dessa proibição, a venda, importação e comércio de quaisquer produtos de tubarão também foram criminalizados no país.

6. Embora seja apenas um país pequeno, Brunei conseguiu conservar 70% de suas florestas tropicais. Essas florestas abrigam algumas das espécies mais ameaçadas da flora e da fauna da Ásia. Animais como o macaco-narigudo, leopardo-nebuloso-de-bornéu e draco são algumas das espécies de vida selvagem mais notáveis do país.

7. O petróleo é vital para a economia de Brunei. De fato, a produção de petróleo bruto e gás natural responde por 90% da economia do país. O campo de Seria é um dos campos de petróleo mais importantes do país. Em 1991, um monumento (foto abaixo) foi construído para celebrar a produção do bilionésimo barril de petróleo do campo de petróleo de Seria.

Foto: Wikimedia Commons

8. A venda e o consumo público de álcool são ilegais em Brunei, embora os estrangeiros não muçulmanos possam levar até dois litros de bebidas alcoólicas para o país.

9. Brunei tem uma das maiores taxas de obesidade do Sudeste Asiático. De acordo com uma pesquisa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), 14,1% das crianças e jovens com idade entre 5 e 19 anos são obesos.

10. O Jerudong Park é um parque de diversões em Brunei que foi fundado em 1994. Um valor colossal na casa de US$ 1 bilhão foi gasto em sua construção, sendo que tudo foi financiado pelo próprio governo do país. É considerado o maior e mais caro parque do Sudeste Asiático.

11. De acordo com a historiografia local, ao pisar pela primeira vez no território hoje pertencente a Brunei, Awang Alak Betatar, o homem que mais tarde fundou o Sultanato, exclamou “Baru nah!”, que significa “É isso!” Acredita-se que o nome do país foi derivado dessas duas palavras.

Leia Também: 12 curiosidades incríveis sobre Botswana
Leia Também: 12 curiosidades interessantes sobre o Benin

12. Depois de estabelecer sua dinastia em Brunei, Betatar foi renomeado como Sultão Muhammad Shah. O nome completo do país, no entanto, é Negara Brunei Darussalam. Neste sentido, “negara” significa “país” e “darussalam” significa “morada de paz”.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Cães babam

Por que os cães babam?

Tux, o mascote do Linux

Por que muitos profissionais de TI usam Linux?