no

Como os cachorros pegam pulgas?

Descubra como os cachorros pegam pulgas e saiba o que fazer para minimizar os efeitos desses parasitas em seus amigos peludos.

Perda de peso, coceira, inchaços e manchas vermelhas podem sinalizar a presença de pulgas em cachorros. Esses pequenos parasitas irritantes consomem o sangue de mamíferos, especialmente os cães, sendo que sua mordida pode ser muito desconfortável e pode até transmitir doenças.

Continua após a publicidade..

Neste artigo, analisaremos como os cachorros pegam pulgas e o que podemos fazer para minimizar os efeitos desses parasitas em nossos amigos peludos.

O que exatamente são as pulgas?

Pulgas.
Fonte: Wikimedia Commons

As pulgas são minúsculos parasitas extremamente comuns que são um pouco menores que um grão de arroz. Eles sobrevivem bebendo o sangue de um hospedeiro, que geralmente é um mamífero (cão, gato, furão, coelho, humano, etc.). Algumas podem alimentar-se de outras espécies como as aves, mas estas geralmente não causam problemas aos animais de estimação.

Como explica o Pet MD, o ciclo de vida de uma pulga é um tanto complexo e tem quatro fases: ovo, larva, pupa (casulo) e adulta. Elas são mais comuns durante os meses quentes, mas podem sobreviver ao inverno dentro de uma casa aquecida.

Continua após a publicidade..

Como os cachorros pegam pulgas?

Os cães podem pegar pulgas de várias formas. Vejamos a seguir algumas das maneiras mais comuns:

  • Outros animais: Seu cachorro pode pegar pulgas durante o contato com outros animais, sejam animais de estimação ou animais selvagens. Os cães adoram investigar espaços abertos onde também estão presentes animais silvestres portadores. Em sua caminhada diária, ou até mesmo em seu quintal, seu cão pode entrar em contato com pássaros, mamíferos e roedores que já hospedam esses parasitas;
  • Sua casa: Infelizmente, essas criaturas indesejadas podem facilmente invadir sua casa e torná-la sua residência também. Elas geralmente conseguem entrar no ambiente doméstico pegando carona nas roupas das pessoas, mas também podem ser carregadas por animais de estimação que o visitam ou por animais selvagens que nidificam, como ratos;
  • Instalações para animais de estimação: Áreas que são visitadas por outros cães representam um risco de contaminação de pulgas para o seu animal de estimação. Instalações para tosa e canis, por exemplo, nem sempre estão livres de pulgas. Apesar das regras muitas vezes estritas que exigem que os cachorros estejam livres de pulgas nessas instalações, o tratamento varia de um dono para outro, de modo que as pulgas podem se aglomerar facilmente;
  • Ao ar livre: As pulgas de cães e gatos não vivem espontaneamente ao ar livre, pois devem passar a vida adulta se hospedando em animais de estimação ou animais selvagens. Ainda assim, ovos, larvas e pupas podem ser encontrados em áreas quentes e protegidas. Se você teve uma infestação de pulga em sua casa e seu cão passa muito tempo fora de casa (por exemplo, ao ar livre ou no carro), esses locais também devem ser tratados, pois podem ser uma fonte de infestação.

Como tratar esse problema?

como os cachorros pegam pulgas 3
Fonte: Pixnio

Felizmente, as pulgas são muito mais fáceis de combater agora do que nunca. Muitos produtos estão disponíveis no mercado, mas variam em eficácia. Além disso, com o tempo, essas criaturas desenvolvem resistência aos parasiticidas, por isso muitas vezes é necessário atualizar para produtos mais novos ao longo do tempo.

Continua após a publicidade..

Seu veterinário pode recomendar uma variedade completa de opções, desde medicamentos tópicos (preferidos em muitos casos porque evitam que as pulgas mordam seu animal de estimação) até produtos orais de ação mais prolongada. Independentemente do produto que você escolher, você não se livrará efetivamente de cada pulga em sua casa, a menos que todos os seus animais de estimação sejam tratados com medicamentos contra pulgas.

É muito mais fácil prevenir as pulgas do que livrar seus animais de estimação delas. Por isso, aspirar frequentemente carpetes, tapetes e pisos em sua casa é uma medida importante para remover os ovos desses parasitas e até mesmo algumas das pulgas e larvas adultas. Concentre-se em aspirar as áreas onde seu animal de estimação costuma ficar.

Leia Também: Por que achamos os cachorros tão fofos?
Leia Também: Por que os gatos lambem as patas depois de comer?

Produtos de prevenção de pulgas também podem se tornar necessários. Muitos produtos não apenas evitam que elas infestem seus animais de estimação, mas também protegem contra carrapatos e até mesmo parasitas internos. Lembre-se que um pouco de dinheiro extra gasto agora em prevenção protegerá você e seus animais de estimação no futuro.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Husky Siberiano: As 8 Melhores Curiosidades Sobre os Cães

Husky Siberiano: As 8 Melhores Curiosidades Sobre os Cães

Aoshima: Conheça a Ilha Japonesa dos Gatos

Aoshima: Conheça a Ilha Japonesa dos Gatos