no ,

Qual é a origem do aperto de mão?

O popular ritual de aperto de mão existe desde os tempos antigos, mas seu uso como uma saudação diária é um fenômeno bem mais recente.

Aperto de mão
Foto: Piqsels

Os gestos feitos com a mão costumam servir como uma forma abreviada de enviar uma mensagem sem a necessidade de utilizar palavras. Muitos gestos que fazemos hoje têm uma longa história, sendo que alguns estão até mesmo relacionados a eventos históricos particulares.

Um dos gestos mais conhecidos é o aperto de mão, que possui uma história longa e muito interessante, como veremos ao longo deste artigo.

Foto: Wikimedia Commons

Como surgiu o aperto de mão?

O aperto de mão existe de uma forma ou de outra há milhares de anos, mas suas origens são um tanto obscuras. Uma teoria popular é que o gesto começou como uma forma de transmitir intenções pacíficas. Basicamente, o raciocínio por trás disso era que, ao estender as mãos vazias, estranhos podiam mostrar que não estavam segurando armas e não tinham segunda intenções uns com os outros.

Curiosamente, alguns estudiosos vão ainda mais longe e até sugerem que o movimento para cima e para baixo feito na hora do aperto de mão servia para desalojar quaisquer facas, adagas ou quaisquer outros tipos de armas que pudessem estar devidamente escondidas nas mangas das roupas.

Outra possível explicação para esse gesto tão antigo sugere que o aperto de mão servia como um símbolo de boa fé ao fazer um juramento ou promessa. Em suma, quando estendiam e apertavam as mãos umas das outras, as pessoas mostravam que sua palavra era um vínculo sagrado que não poderia ser revertido.

“Desse modo, um acordo poderia ser selado de forma rápida e objetiva”, explicou certa vez o historiador Walter Burkert, “mas só era efetivado por um gesto ritual: mãos abertas e sem armas estendidas uma em direção à outra, agarrando-se mutuamente”.

Foto: Wikimedia Commons

Quais as evidências mais antigas do aperto de mão?

Uma das primeiras representações de um aperto de mão pode ser visto em uma imagem gravada em um trono do antigo Império Assírio do século 9 a.C, que mostra o rei assírio Salmaneser III apertando a mão de um governante babilônico para selar uma aliança (foto acima).

Além disso, temos os registros do poeta épico Homero, que descreveu apertos de mão várias vezes em suas obras, na maioria das vezes em relação a promessas e demonstrações de confiança.

O gesto também era um hábito recorrente nos séculos 4 e 5 a.C. entre os gregos. Até mesmo as lápides dos túmulos costumavam representar a pessoa falecida apertando a mão de um membro de sua família, significando uma despedida final ou o vínculo eterno entre os vivos e os mortos.

Enquanto isso, na Roma antiga, o aperto de mão era frequentemente usado como um símbolo de amizade e lealdade. De fato, mãos entrelaçadas até apareciam nas moedas romanas.

Aperto de mão
Foto: Pixabay

Uso como saudação cotidiana é relativamente moderno

Embora o aperto de mão tenha ostentado vários significados no mundo antigo, seu uso como uma saudação cotidiana é um fenômeno bem mais recente. Alguns historiadores acreditam que esse gesto foi popularizado pelos povos Quaker do século 17, que viam um simples aperto de mão como uma alternativa mais igualitária em comparação com cumprimentos que envolviam se curvar ou tirar o chapéu.

Eventualmente, a saudação se tornou cada vez mais comum e, por volta de 1800, os manuais de etiqueta já incluíam orientações para uma “técnica adequada” de aperto de mão. Como é frequentemente sugerido até os dias de hoje, um aperto de mão “ideal” deve ser firme, mas não excessivamente forte.

Leia Também: Quem inventou a bicicleta?
Leia Também: Quem eram os cavaleiros templários?

Curiosamente, um guia de 1877 chegou a aconselhar seus leitores que um cavalheiro que rudemente pressionasse uma mão oferecida em saudação, ou a sacudisse com muita violência, nunca mais deveria voltar ter a “oportunidade” de repetir sua ofensa. Que coisa, não?!

Um gesto com uma história muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Caranguejos

Por que caranguejos andam de lado?

Pessoas na faixa de pedestres

Quantas pessoas existem no mundo?