no

Qual a quantidade de água que um cachorro deve beber por dia?

Saiba como calcular a quantidade de água que seu cachorro precisa para ficar bem hidratado, o que é essencial para sua saúde.

Cachorro bebendo água
Foto: Pixabay

A água é um nutriente muito simples, mas a sobrevivência de todos os seres vivos depende dela pelo fato de ser vital para que os processos bioquímicos primários ideais ocorram em nossos corpos. Ainda assim, embora a maioria dos donos de cães reconheça a importância do consumo de água por parte dos seus amigos caninos, não é tão fácil saber a quantidade exata que um cachorro deve beber.

Ao longo deste artigo, mostraremos como calcular isso e garantir que seu cão fique bem hidratado, o que é essencial para sua saúde.

Quanta água um cachorro deve beber por dia?

Foto: Pixabay

Primeiramente, é preciso ter em mente que não há uma quantidade exata de água que os cães devam beber, mas eles devem ter água fresca à disposição sempre que precisarem. Ainda assim, se você precisar medir proporções, os especialistas estimam que os cães devem beber entre 60 e 80 mililitros de água por dia por cada quilo de peso.

Ainda assim, essa medida pode variar em estações mais quentes (como durante a primavera e o verão), pois são períodos em que qualquer ser vivo tende a beber mais água do que o normal. A quantidade também varia de acordo com o estilo de vida, principalmente se o seu cão for muito ativo fisicamente.

Leia Também: Por que algumas formigas têm asas?
Leia Também: Por que os smartphones não têm mais baterias removíveis?

Dito isto, a maneira mais fácil de calcular a quantidade de água que os cães devem beber é por peso, com a regra que mencionamos acima: 60-80 mililitros por quilo. No entanto, esta não é a única maneira de fazer uma estimativa aproximada.

Especialistas sugerem que é possível identificar a quantidade de água necessária com base na quantidade de comida seca que o cão come. Para tal, você precisa multiplicar o peso do alimento seco (em quilos) por 2,5, e isso lhe dará quanta água você deve fornecer. Por exemplo, se o seu cão come 1kg de ração seca por dia, você deve fornecer 2,5 litros de água diariamente.

Como saber se um cão está desidratado?

Cachorro bebendo água na garrafa
Foto: Pixabay

Fornecer ao seu cachorro a quantidade de água que ele deve consumir não é garantia de que ele realmente a beberá. De fato, a maioria dos donos só percebe que seu cão não está bebendo água suficiente quando o animalzinho fica doente ou mostra sinais de desidratação, incluindo os seguintes:

Gengivas e focinho secos: As gengivas e o focinho de um cachorro precisam ficar constantemente úmidos. Portanto, quando essas áreas ficam secas ou “pegajosas”, você pode suspeitar de uma possível desidratação. Além disso, observe a cor das gengivas, pois elas devem ser naturalmente rosadas, não vermelhas ou brancas;

Urina escura: Um cão bem hidratado não terá urina escura ou turva, sendo que ela também não deve ter cheiro forte. Se você perceber que a urina do seu cão está assim, pode haver um problema de desidratação envolvido;

Perda de elasticidade da pele: Tal como acontece com os humanos, a pele de um cão também reflete seu nível de hidratação. Sendo assim, verifique esta condição beliscando suavemente as costas do seu cão. Se demorar um pouco para voltar à sua forma original, há uma suspeita de desidratação;

Respiração acelerada: Este é um dos sintomas que mais alarmam os donos, pois ocorre quando a desidratação afeta o funcionamento orgânico do animal.

Não demore em levar seu cão ao veterinário quando perceber que ele parou de beber água e estiver apresentando sinais preocupantes. É melhor identificar a causa da desidratação e tratar seu cão profissionalmente antes que sua vida esteja em perigo.

Como promover a ingestão de água em cães?

Foto: Pixabay

Se você perceber que seu cachorro não está consumindo a quantidade de água que deveria, pode implementar algumas estratégias para motivá-lo a fazê-lo. No entanto, tenha em mente que não precisa ser apenas água pura, pois é possível complementar a porcentagem de hidratação diária com alguns alimentos, como os seguintes:

Frutas e legumes: Aqueles com boa porcentagem de água, como cenoura, abóbora, maçã, mamão, entre outros, são ideais;

Rações umedecidas: Dependendo da marca, estes suplementos alimentares terão cerca de 70% de água, o que ajudará a manter o seu animal de estimação hidratado durante a alimentação;

Além disso, procure identificar a razão pela qual seu cão não gosta de beber água da tigela. Às vezes, o próprio material de que é feito o recipiente pode estar dando um gosto ruim à água (algo um tanto comum com os bebedouros de plástico). Também é possível que o cão sinta-se mais atraído pela água corrente. Nesse caso, considere instalar um bebedouro automático que renove constantemente a água.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Como as baleias se reproduzem?

Cabo Verde

12 curiosidades incríveis sobre Cabo Verde