no ,

Por que as placas de vídeo estão tão caras?

Você já deve ter notado como as placas de vídeo são caras agora. Mas por quê? Aqui estão as principais razões por trás dos preços elevados.

Placas de vídeo
Foto: Pixabay

Se você busca montar um PC gamer, já deve ter percebido como tem sido difícil conseguir placas de vídeo no momento. Esteja você procurando uma GPU de última geração ou até mesmo uma versão mais antiga, o fato é que praticamente todas elas atualmente apresentam preços inflacionados e disponibilidade limitada. Mas, quais seriam as razões por trás disso?

Ao longo deste artigo, examinaremos os motivos pelos quais as placas de vídeo estão tão caras no momento. Muitos desses fatores são óbvios, mas outros podem surpreendê-lo.

Escassez global de chips e pandemia têm deixado as placas de vídeo mais caras

Foto: Wikimedia Commons

De um modo geral, a oferta, a demanda e a alocação de recursos determinam quão disponíveis ou caros são determinados bens ou serviços, e isso não é diferente para as placas de vídeo. Atualmente, estamos em meio a uma escassez global de chips que pode continuar indefinidamente, o que reflete nos preços altos das GPUs.

Na prática, usamos chips semicondutores em quase tudo relacionado à tecnologia, de computadores a aviões. O problema é que fabricantes de todo o mundo tiveram que reduzir ou limitar sua produção devido à escassez, o que afeta não apenas as placas de vídeo por si só, mas também outros setores tecnológicos mais abrangentes, incluindo laptops, telefones e consoles de videogame.

Além disso, devido à pandemia de COVID-19, um número maior de pessoas passou a trabalhar remotamente, ficando em casa o máximo possível. Consequentemente, isso resultou em um aumento da demanda por produtos eletrônicos pessoais. Dito isto, os preços das placas gráficas estão mais altos agora porque o mercado está mais faminto por elas do que nunca.

Seja para o trabalho ou para o simples entretenimento, muitas pessoas passaram a procurar dispositivos eletrônicos, de modo que isso também aumentou drasticamente a demanda por placas de vídeo, razão pela qual elas estão tão caras atualmente.

Mineração de criptomoedas também tem deixado as placas de vídeo mais caras

Foto: Pixabay

Os mineradores de criptomoedas geralmente compram boas placas gráficas para plataformas de mineração de criptografia, que são sistemas de computador comumente usados para minerar bitcoins. Neste caso, a procura aumenta ao ponto de chegar ao limite da oferta, o que, por sua vez, também contribui para o aumento no preço do hardware.

De um modo geral, os mineradores de criptomoedas têm altos requisitos para o tipo de placa gráfica de que precisam para atender às suas configurações; na prática quanto mais eficaz for a placa, mais rápido eles poderão minerar, o que torna os hardwares sofisticados os mais desejáveis.

Vale destacar que essas pessoas entraram no mercado de placas de vídeo de alta tecnologia e não mostram intenção de sair tão cedo. De fato, eles costumam ser muito bem informados, têm fundos suficientes para comprar grandes volumes e adquirir os melhores produtos antes que alguém tenha a chance de entrar em ação.

Na maioria dos casos, os mineradores de criptomoedas usam placas com pelo menos 4 GB de RAM de vídeo para minerar com eficácia, com muitos mineradores preferindo 6 a 8 GB para melhorar ainda mais o desempenho. Um efeito que isso teve no mercado é que, agora, placas com mais de 4 GB de RAM de vídeo se tornaram ainda mais difíceis de encontrar por um preço razoável.

Melhores especificações e desempenho vêm com um certo preço

Foto: Pixabay

Para finalizar, também é preciso entender que as placas gráficas de última geração usam materiais avançados e designs de primeira linha e, como apresentam qualidade superior, são notoriamente mais complexas de fabricar do que as da geração anterior; ou seja, é tudo uma questão de custos de fabricação mais altos.

Desse modo, quando confrontados com o aumento dos custos de fabricação, os fabricantes devem ser criativos sobre como maximizar sua produção sem comprometer a qualidade ou a quantidade de seu produto, mas isso só é possível com o aumento dos preços repassados ao consumidor final.

Leia Também: Quais as vantagens de assinar o Xbox Game Pass?
Leia Também: Por que os cães babam?

Dito isto, fica difícil prever quando as coisas finalmente irão se “normalizar” (se é que vão). Aqueles que não se importam em optar por uma placa de vídeo mais modesta ainda podem ter algumas opções viáveis para escolher; para os outros, no entanto, é preciso ser criativo ou simplesmente esperar que toda balança envolvendo oferta e demanda possa ficar mais equilibrada.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Tux, o mascote do Linux

Por que muitos profissionais de TI usam Linux?

Vila na Bulgária

12 curiosidades incríveis sobre a Bulgária