no ,

12 curiosidades incríveis sobre Monstros S.A.

Monstros S.A. é considerado por muitos um dos melhores filmes de animação da história da Pixar.

Monstros S.A.
Foto: Reprodução/Disney

Poucos filmes de monstros conseguiram atrair tantos fãs como Monstros S.A. Lançado em 2001, o longa-metragem não demorou muito para se tornar o filme de animação de com a maior bilheteria no mundo, um feito que lhe rendeu um grande destaque na mídia.

Com um enredo centrado nos amigos Mike Wazowski e Sulley, que ganham a vida gerando a eletricidade de sua cidade através dos gritos das crianças, o filme consegue ser envolvente e hilário ao mesmo tempo. As mensagens de tolerância entre espécies que são desconhecidas entre si, a atmosfera de Monstrópolis e todo humor espirituoso dos personagens são fatores que se combinaram muito bem.

Por conta do seu enorme sucesso, a Pixar decidiu lançar uma pré-sequência com o filme Universidade Monstros, que chegou às telonas em 2013. O filme não recebeu a atenção esperada, mas isso não tira o crédito dos personagens que fizeram do filme original uma experiência inesquecível que se tornou uma das melhores produções que o estúdio já fez.

Para celebrar essa obra de sucesso, listamos aqui alguns fatos divertidos sobre esse filme ambientado em um mundo repleto de monstros amigáveis. Confira!

1. A ideia de fazer o filme surgiu durante um jantar em 1994, enquanto o primeiro longa-metragem da Pixar, Toy Story, estava sendo produzido. Pete Docter, Andrew Stanton, Joe Ranft e John Lasseter sentaram-se e a conversa a respeito de um novo filme sobre uma variedade de monstros peludos começou a fluir e eventualmente o projeto saiu do papel.

Monstros S.A.
Foto: Reprodução/Disney

2. A reunião que deu origem ao filme ocorreu em um restaurante chamado Hidden City Cafe, que serviu como o primeiro título provisório do filme.

3. O grande responsável pela adoção do nome Monsters Inc. (título original do longa) foi Joe Grant, desenhista e roteirista que já era muito aclamado por trabalhos na Disney como Branca de Neve e os Sete Anões, Dumbo, O Rei Leão, entre outros.

4. Originalmente, os animadores pensaram em adicionar tentáculos no Sulley. No entanto, eles decidiram abandonar a ideia porque não queriam que o público se concentrasse nas partes onduladas em vez do rosto do personagem, que é a parte que reflete todas as suas emoções.

Foto: Reprodução/Disney

5. Durante todo o processo de produção, os personagens e a história foram submetidos a muitas mudanças com o objetivo de deixar o filme cada vez melhor. Por exemplo, a pelagem azul e roxa da Sully era originalmente muito mais escura nas versões anteriores dos scripts.

6. A lista fictícia dos ingredientes que compõem o cereal que Sulley alimenta a garotinha Boo contém tentáculos, vagens de açúcar, gelatina, sabor artificial, cor artificial, sal, água do mar, mercúrio natural, bário, ácido sulfúrico, chumbo, bile, sangue, suor, lágrimas, óxido de zinco, vitaminas D e F, anêmona, salmoura de camarão, coral, plâncton, baiacu mortal e urânio empobrecido (para preservar o frescor).

7. Pouca gente sabe, mas uma das pessoas responsáveis pelo nascimento da Pixar, estúdio responsável pela produção de Monstros S.A., foi Steve Jobs, que investiu um montante de cinco milhões de dólares na empresa para a produção de Toy Story, o primeiro longa-metragem do estúdio.

Foto: Wikimedia Commons

8. Monstros S.A. apresentou um grande nível de detalhismo. Para se ter uma ideia, 2.320.413 mechas de cabelo cobriram o monstro amigável de cor azul, Sully, o que certamente arrepiou os pelos dos animadores, que levavam de 11 a 12 horas para animar um único quadro do personagem.

9. Qualquer pessoa muito observadora pode notar várias alusões ao filme Toy Story em Monstros S.A., como os brinquedos espalhados pelo quarto de Boo. Além disso, quando Randall pratica a camuflagem, uma das imagens que lhe são dadas é o papel de parede do quarto de Andy.

10. Pete Docter, diretor de Monstros S.A., chegou a revelar que a ideia original da animação iria girar em torno da história de um homem mais velho que vivia sendo assombrado pelos mesmos monstros que desenhava quando era criança. No entanto, o roteiro definitivo de Monstros S.A. claramente adotou uma outra postura.

Foto: xiangxi/Flickr

11. A música que Boo canta enquanto está no banheiro foi completamente inventada por uma questão em particular. Basicamente,o raciocínio por trás disso era que os cineastas não queriam enfrentar nenhum problema de direitos autorais, por isso disseram à atriz Mary Gibbs para compor uma música sem nenhum sentido. No fim das contas, foi exatamente isso o que ela fez.

Leia Também: 12 curiosidades fascinantes sobre Johnny Bravo
Leia Também: 12 curiosidades fascinantes sobre o iPhone

12. Um detalhe muito interessante de Monstros S.A. pode ser visto nos créditos finais do filme, que afirmam que “nenhum monstro foi prejudicado na produção”. Obviamente, isso é uma paródia ao que costuma ser mostrado no final dos documentários que apresentam animais.

Uma animação realmente inesquecível, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Por que os celeiros americanos são vermelhos?

Dedos das mãos

Por que os dedos das nossas mãos têm tamanhos diferentes?