no ,

Farmácias: Você Sabe Como Elas Surgiram?

As farmácias são extremamente importantes no nosso dia a dia, mas você sabe como elas surgiram?

É completamente impossível um ser humano jamais contrair algum tipo de doenças, estamos vulneráveis a isso e sempre que acontece é bastante comum irmos ao médico para ele identificar tal doença e assim poder receitar um medicamento caso seja necessário.

Continua após a publicidade..

Como bem sabemos, as medicações podem ser encontradas em farmácias, seja ela de manipulação ou não. As farmácias estão espalhadas por todos os lados com as mais variadas opções de medicamentos para assim puder suprir a necessidade dos pacientes, mas afinal de contas, como esses estabelecimentos surgiram? Se você já teve ou tem essa dúvida, iremos descobrir agora mesmo.

Farmácias: Você Sabe Como Elas Surgiram?

Boticários

Pesquisas apontam que as atividades relacionadas à farmácia começaram por volta do século X na Espanha e na França, porém era tudo muito diferente do que temos hoje, para se ter ideia, não existia distinção entre médicos e farmacêuticos. Naquela época existiam os boticários (não, não é aquela loja de cosméticos) que eram os profissionais que diagnosticavam a doença, produziam a medicação e vendia em seus estabelecimentos que eram chamados de boticas.

Para quem trabalhava nas boticas existia grandes interesses comerciais, para eles era mais rentável deixar que o paciente continuasse doente do que curá-lo. Aos poucos as pessoas começaram a tomar conhecimento de que alguns boticários estavam agindo de má fé e isso gerou grande revolta, assim fazendo com que fosse proibido que a mesma pessoa diagnosticasse, produzisse e fabricasse o medicamento.

Continua após a publicidade..
Farmácias: Você Sabe Como Elas Surgiram?

Surgimento da Farmácia

Durante o século XVIII, Alexandria começou a passar por uma fase marcada por epidemias, envenenamentos e guerras, com isso o cargo dos boticários (que já estava suspenso) acabou sofrendo uma alteração por determinação de Luiz XV. Farmacêuticos e médicos agora eram profissões distintas, assim o farmacêutico não poderia mais diagnosticar doenças e o médico não poderia fabricar nem vender medicação.

Conforme o tempo ia passando, estudos envolvendo remédios iam ganhando impulso e começou a crescer com uma velocidade bastante impressionante. Toda a produção agora era conferida com uma rigidez que não tinha antes e isso fez com que os pacientes pudessem retomar suas confianças.

Continua após a publicidade..

Só século XIX é que se começa a dar início aos maiores conhecimentos ao que desenvolveria a farmacologia moderna, em 1813 é publicado o primeiro tratado de toxicologia. É por meados desse mesmo século que são criados os primeiros laboratórios farmacêuticos e que assim faz com que a profissão sofra de vez uma verdadeira mudança.

Junto com a evolução da sociedade e a industrialização que crescia desenfreada, começam a surgir as primeiras farmácia, ainda no século XIX, porém não se tem registro de qual de fato foi a primeira. Logo se percebeu que seria necessário realizar investimentos publicitários para que assim as pessoas começassem a tomar conhecimento dos novos medicamentos que iam surgindo, para isso foi preciso atribuir a medicação como sendo a solução para “todos” os problemas.

farmacias zona curiosa 4

Leia Também: Como os remédios ‘sabem’ onde está doendo?
Leia Também: Você sabia que a cerveja já foi usada como remédio e moeda de pagamento no Antigo Egito?

As farmácias já passaram por inúmeras mudanças, atualmente as prateleiras estão cheias de produto e nem todos eles são diretamente relacionados à saúde. Mas  não dá para negar que de fato as farmácias cresceram muito, principalmente nos últimos tempos.

Gostou do post de hoje? Não esquece de compartilhar!

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Ômega 3: O que é e Para Quê Serve?

Ômega 3: O que é e Para Quê Serve?

por que ficamos tontos quando rodamos

Por que ficamos tontos quando rodamos?