no

Como podem filhos dos mesmos pais serem tão diferentes?

Embora filhos do mesmo casal recebam os genes dos mesmos pais, a natureza sempre dá um jeito de “embaralhar” as coisas.

Filhos diferentes
Foto: Pixabay

De um modo geral, muitos irmãos costumam compartilhar certos traços entre si, afinal, são filhos dos mesmos pais. Por outro lado, ainda é possível perceber que dois filhos do mesmo casal podem ser bastante diferentes um do outro. Consequentemente, isso levanta uma questão interessante: como dois filhos dos mesmos pais podem ser tão diferentes?

Ao longo deste artigo, você vai ficar por dentro da explicação por trás disso, mas antes de continuarmos, é preciso compreender o que são os cromossomos.

Foto: Pixabay

Entendendo o que são os cromossomos

Todo ser humano possui um conjunto de cromossomos. Se você está ouvindo este termo pela primeira vez, há algumas coisas que você deve saber. Basicamente, um cromossomo é um pacote que contém a maior parte do DNA de um ser vivo.

Antes que esse conceito possa deixá-lo confuso, basta ter em mente que o DNA (ácido desoxirribonucleico) é uma molécula que carrega a maioria das instruções genéticas usadas na reprodução e no desenvolvimento dos seres humanos. Em outras palavras, podemos dizer que os cromossomos são os pacotes que carregam informações sobre como uma pessoa será quando nascer.

Se você olhar para a imagem de um cromossomo, verá que ele se parece com a letra “X”. Na verdade, este “X” é formado pela combinação de duas metades separadas: um vem da mãe e o outro do pai.

Essencialmente, cada cromossomo contém um conjunto de genes, e cada cromossomo contém duas cópias de cada gene (uma da mãe e outra do pai). Então, o gene mais dominante é expresso nas características do bebê.

Foto: Pixabay

Combinações distintas explicam por que filhos dos mesmos pais podem ser tão diferentes

Cada ser humano possui apenas 23 pares de cromossomos, mas quase 20 mil genes amarrados nesses cromossomos. Os pais não passam genes para seus filhos, eles passam cromossomos. Cada célula de um pai contém um conjunto de genes exatamente iguais e a mesma coisa acontece com todas as mães. Na verdade, eles receberam esses genes de seus próprios pais (também por meio de seus cromossomos).

Observe que não existe um protocolo específico que é seguido durante o carregamento de um espermatozoide ou um óvulo com cromossomos; em vez disso, a natureza escolhe aleatoriamente os cromossomos dos corpos do pai (ou dos avós). A mesma coisa acontece com a contribuição cromossômica da mãe.

No fim das contas, a questão é que suas características físicas são decididas por uma combinação aleatória dos genes. Na prática, esta é a razão pela qual irmãos dos mesmos pais às vezes podem parecer tão diferentes, pois o conjunto de genes em uma pessoa pode ser imensamente diferente da outra, apesar do fato de que ambos têm os mesmos pais.

Filhos diferentes
Foto: Pixabay

O papel do ambiente nisso tudo

Vale destacar que não são apenas os genes que moldam a personalidade de cada pessoa, pois os fatores ambientais também desempenham um papel significativo.

Na linguagem genética, o termo “ambiente” diz respeito às condições em que você cresce, os alimentos que você come, o nível de atividades físicas que você pratica, etc. De certo modo, tudo isso afeta sua personalidade e até a aparência à medida que você envelhece. Como o ambiente de seus irmãos pode ser bem diferente do seu, eles podem ser muito diferentes de você.

Leia Também: Por que muitas vezes não absorvemos o que lemos?
Leia Também: Por que gostamos tanto de alimentos crocantes?

No fim das contas, o fato é que a natureza tem sua própria forma de escolha seletiva, embora aleatória, desde os genes que moldam sua personalidade ao ambiente que desempenha um papel vital em sua educação. É por isso que não há motivo para se preocupar com o quão diferente você pode parecer de seu irmão!

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Comer muito rápido

Comer muito rápido faz mal para a saúde?

O que aconteceria se uma pessoa viajasse na velocidade da luz?