no

Aswang: Conheça a Lenda do Bizarro Monstro Filipino

Existem diversos folclores espalhados pelo mundo e o Filipino é um deles, nesse folclore em específico podemos encontrar o Aswang e hoje iremos conhecê-lo melhor.

De acordo com o folclore filipino secular, o Aswang combina as características mais aterrorizantes de vampiros, bestas e bruxas em um único monstro que inspira medo incomparável até hoje. Essa criatura combina a incerteza de um metamorfo com os piores traços de vampiros e lobisomens, tornando o monstro o mais temido em todo o folclore filipino.

Continua após a publicidade..

Ambora as lendas do Aswang remontem a séculos, supostos avistamentos no mundo real dispararam durante a pandemia de COVID-19 nas ilhas Visayas. Prepare-se, pois te contaremos tudo sobre essa criatura agora mesmo.

Aswang: Conheça a Lenda do Bizarro Monstro Filipino

O Que é Aswang?

A coisa mais complicada sobre um Aswang é que ele supostamente se disfarça de humano durante o dia. Ele circula entre os humanos e escolhe suas vítimas para caçar à noite. Considerado parte vampiro, parte bruxa e parte “lobisomem”, a ideia de que essa criatura possa estar andando entre vocês sem saber é uma das coisas mais assustadoras sobre isso.

Além do fato de que ele come carne, principalmente crianças e fetos não nascidos. Seus órgãos favoritos para comer são o fígado e o coração. O aswang supostamente tem uma língua parecida com a probóscide que usa para sugar sangue ou bebês ainda não nascidos do útero de sua mãe.

Continua após a publicidade..

Ele supostamente persegue as pequenas cidades das Filipinas durante a noite, procurando sua próxima refeição. A criatura gosta de confundir sua presa com um som complicado semelhante a um “tick” repetido. À medida que se aproxima, fica mais silencioso para enganá-lo a pensar que a criatura está se afastando de você e atraindo você para um falso alívio.

aswang zona curiosa 2

Embora supostamente você não saiba quando está perto de um Aswang durante o dia, ele também está em seu estado mais fraco naquele momento. Essa fraqueza significa que é improvável que prejudiquem as pessoas durante o dia. Geralmente são mulheres, às vezes até descritas como bonitas com longos cabelos negros.

Continua após a publicidade..

Os Aswangs têm alguns sinais físicos reveladores. Procure por olhos injetados de sangue e seus pés virados para trás. Eles também odeiam barulho e luzes brilhantes. Se você conseguir dar uma boa olhada nos olhos deles, seu reflexo ficará de cabeça para baixo. Supostamente, outra maneira comum é que o óleo de albularyos ferva sempre que um está próximo.

Primeiras Histórias

Existem três variações de Aswang. O Tik-tik ou Wak-wak é nomeado pelo som que faz durante a caça e se transforma em um grande pássaro. O Sigbin/Zigbin supostamente se transformou em algo semelhante a um Diabo da Tasmânia. A terceira variedade é a Manananggal, que se parece com uma mulher que pode se dividir ao meio e voar como um morcego. A noite é o momento mais forte, quando os Aswangs ganham sua força sobre-humana. A noite também é a hora do dia em que eles podem mudar de forma e mudar a aparência de outros objetos para enganar os humanos.

Quando eles fazem uma vítima, eles supostamente podem usar um objeto inanimado para criar um doppelganger, que rapidamente adoece e morre para evitar a descoberta. As histórias sobre o Aswang remontam ao século XVI, quando os conquistadores espanhóis registraram pela primeira vez histórias por escrito. Ainda assim, eles podem ser do século 13 , quando os malaios vieram para as Filipinas e trouxeram consigo suas crenças sobrenaturais.

Aswang: Conheça a Lenda do Bizarro Monstro Filipino

Seu folclore se referia a uma criatura semelhante ao Aswang chamada Penanggal. Esses monstros supostamente também apareciam como mulheres normais durante o dia, mas tinham línguas longas e se alimentavam de mães e filhos ainda não nascidos à noite. Os conquistadores espanhóis do século 16 notaram que as pessoas temiam mais os Aswang, mas podem ter sido eles que empurraram o medo do monstro para seu próprio ganho.

Eles o anexaram a babaylans, que eram líderes espirituais do sexo feminino, em um esforço para impulsionar o cristianismo. Eles também prenderam o monstro a mulheres que protestaram contra eles quando chegaram, para que pudessem esmagar a resistência política. Segundo a Esquire, a Agência Central de Inteligência também se aproveitou do medo do Aswang nas Filipinas no auge da Guerra Fria.

Aswangs Reais?

Dado que se acredita que os Aswangs sejam metamorfos, os animais geralmente eram considerados Aswangs em uma forma mais terrestre. Os sons que são descritos como pertencentes aos Aswangs podem facilmente ser pássaros. Animais como o diabo da Tasmânia, morcego e kagwang (um lêmure voador) foram todos mortos porque se pensava que eram Aswangs em outro estado. Outra possibilidade é uma doença genética rara, que afeta principalmente homens filipinos chamada XDP.

Esta doença causa espasmos musculares incontroláveis, tremores e contorções. Fotografias de pessoas com esses sintomas são semelhantes a algumas representações de Aswangs. Há rumores de que a casa original dessa criatura seja a região de Capiz, que também possui a maior concentração de casos de XDP.

aswang zona curiosa 4

Outra possibilidade é que o Aswang seja o bode expiatório para pessoas que cometem assassinatos brutais. Para as pessoas, culpar um monstro é muitas vezes mais fácil do que reconciliar o fato de que um humano fez algo tão horrível. Os tabloides alimentam isso atribuindo crimes a Aswangs também para aumentar suas vendas, mas também mantém a narrativa viva.

Leia Também: La Pascualita: Conheça a Bizarra História da Noiva Cadáver Real
Leia Também: Conheça os feriados mais bizarros do mundo

Seja uma história para controlar pessoas ou um monstro a ser temido, o Aswang é algo realmente fora dos pesadelos mais sombrios da humanidade.

Já havia ouvido falar dessa criatura? Não esquece de compartilhar o post!

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

por que achamos os cachorros tao fofos

Por que achamos os cachorros tão fofos?

QUOKKA CAPA 1

Quokka: Tudo sobre o animal mais simpático do mundo