no ,

Quantos assinantes tem a Netflix?

Gigante do streaming possui uma base de fãs de tamanho invejável.

Assinantes da Netflix
Foto: Pixabay

Depois que a Netflix lançou seu serviço de streaming em 2007, a empresa passou a promover uma maneira fácil de assistir a vários filmes e séries em qualquer dispositivo. De lá pra cá, a Netflix conseguiu agregar uma base sólida de usuários, o que não é novidade para ninguém, mas você sabe quantos assinantes ela possui?

Segundo dados do 1º trimestre de 2020, a Netflix tem aproximadamente 183 milhões de assinantes no mundo todo. Só no Brasil, o serviço de streaming já ultrapassou os 17 milhões de assinantes!

Curiosamente, a pandemia do novo coronavírus impactou positivamente nos números da empresa. Estima-se que a gigante do streaming obteve quase 16 milhões de novos assinantes por causa da COVID-19, pois muitas pessoas passaram a buscar opções de entretenimento em casa.

Originalmente, a previsão dada pela Netflix antes da pandemia do coronavírus era a de que o primeiro trimestre de 2020 seria fechado com 7 milhões de novos assinantes globais, enquanto analistas de mercado previam 8,22 milhões de novas contas. No entanto, com quase todo mundo ficando em casa, esse número ficou em 15,77 milhões de assinantes.

Ainda assim, a pergunta que fica é: como a Netflix consegue ter uma base de clientes tão grande?

Foto: Pixabay

Por que o engajamento com os assinantes é tão crucial para a Netflix

Como todas as empresas que oferecem serviços de assinatura, o melhor que a Netflix pode oferecer para reduzir o número de cancelamentos é criar um ótimo produto pelo qual as pessoas estejam dispostas a pagar. Na prática, a empresa faz isso através de uma grande biblioteca de conteúdo. Assim, enquanto as pessoas continuarem assistindo, elas continuarão pagando.

Talvez algumas das coisas que tornam o Netflix tão irresistível para a sua base de usuários sejam seus títulos originais. Com séries como Stranger Things e Orange is the New Black, a Netflix tem o controle do que os usuários assistem. A partir disso, a empresa pode obter dados como:

  • Quantos usuários assistiram a um determinado episódio;
  • Quantos usuários assistiram a uma série inteira;
  • Qual foi o intervalo entre o momento em que o usuário assistiu a um episódio e o seguinte.

Além disso, também é especulado que a empresa monitora coisas como o volume, configuração do filme/série, cores e assim por diante. Todas essas informações não são simplesmente coletadas, mas também são usadas para determinar os gostos e preferências dos assinantes, fornecendo uma verdadeira “mina de informações” para a Netflix.

Assinantes da Netflix
Foto: Pixabay

A Netflix e as suas recomendações para os assinantes

A Netflix também é famosa por suas recomendações. A empresa sabe que tem apenas 90 segundos ou menos para convencê-lo de que há algo que vale a pena assistir e que se adapta ao seu gosto. Por isso, os seus algoritmos focam em coisas como o gênero que você assiste e suas avaliações, mas também o que você não assiste.

Embora a Netflix empurre suas próprias produções originais em suas páginas de recomendação, ela quer que seus assinantes passem o maior tempo possível na plataforma, independente do conteúdo preferido. Então, não há razão para seu algoritmo de recomendação favorecer uma série em detrimento de outra.

No fim das contas, todas essas opções são filtradas para criar uma lista de recomendações exclusivamente personalizada e feita sob medida para cada usuário. Um assinante engajado é um cliente feliz, e a Netflix costuma fazer de tudo para mantê-lo assistindo.

Curiosamente, o algoritmo de personalização é redefinido a cada 24 horas, tornando mais provável que os usuários continuem descobrindo títulos atuais de interesse no catálogo cada vez maior da Netflix.

Uma palavra final

Sem surpresas, a Netflix também faz muitos testes a cada ano. A empresa costuma selecionar aleatoriamente cerca de 300 mil usuários em todo o mundo para testar tudo, desde imagens até o tamanho da fonte.

Leia Também: 10 curiosidades surpreendentes sobre Black Mirror
Leia Também: Por que bater em um controle remoto defeituoso pode fazê-lo funcionar?

Mesmo assim, com tantas opções para manter os assinantes engajados em quase todos os tipos de dispositivos, a Netflix continua a testar, inovar e refinar seus algoritmos para evitar a rotatividade e manter os usuários assistindo cada vez mais.

O que você acha dos métodos da Netflix para manter seus assinantes engajados na plataforma? Você descobriu novos títulos como resultado de suas recomendações? Se você gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Ler aumenta a inteligência?

Kindle Unlimited

Vale a pena assinar o Kindle Unlimited?