no

Por que os coelhos comem o próprio cocô?

Comer o próprio cocô pode soar muito estranho para os ouvidos humanos, mas para os coelhos é uma prática comum e saudável.

Foto: Pixabay

Os coelhos, assim como os gatos, são animais conhecidos por praticar uma higiene muito boa. De fato, eles são frequentemente vistos lambendo as patas, alisando o pelo das orelhas e até limpando o traseiro. Curiosamente, é justamente na hora de limpar o traseiro que eles também podem consumir o próprio cocô. Mas, afinal, por que será que os coelhos gostam de comer as próprias fezes?

Bem, embora toda essa peculiaridade possa soar exatamente o oposto de uma boa prática de higiene, existe uma boa razão para os coelhos fazerem isso, como veremos ao longo deste artigo. Antes disso, entretanto, precisamos entender o conceito da coprofagia.

Foto: Pixabay

O que é coprofagia?

A coprofagia nada mais é do que o hábito de comer fezes. Obviamente, o simples pensamento de adotar um comportamento desse tipo é bastante perturbador para a maioria das pessoas, mas alguns animais, como os coelhos, realmente comem suas próprias fezes por um bom motivo.

É importante deixar claro que a coprofagia é um comportamento normal e saudável em coelhos, mas em outros animais, como no caso dos cães, torna-se uma prática altamente desencorajada por conta da falta de benefícios à saúde do animal e ao nível de repulsa por parte dos seus donos.

No caso dos coelhos, eles eliminam suas fezes regularmente, assim como outros animais e humanos. A sua matéria fecal normalmente sai como uma pelota redonda, mas pode mudar de forma se não forem ingeridas quantidades adequadas de fibras e água.

Coelhos comem o próprio cocô
Foto: Pixabay

Tá, mas por que muitos coelhos comem o próprio cocô?

De acordo com o Animal Wised, além das pelotas fecais regulares que os coelhos produzem durante o dia, um tipo especial de cocô também é excretado à noite. Cientificamente denominados “cecotropos”, esses excrementos são um tipo específico de cocô, sendo diferente das fezes normais de coelho. Em suma, os cecotrofos são muito macios, mais pegajosos e muitas vezes não são vistos pelos donos de coelhos porque esses animais os consomem imediatamente.

Os cecotrofos são produzidos no ceco, uma parte do trato intestinal dos coelhos, sendo formados pela fermentação da comida que esses animais consomem. Eles são produzidos somente à noite, então um coelho será visto comendo-os tarde da noite ou de manhã cedo. Normalmente, o único momento em que você verá cecotrofos na gaiola ou no pelo do animal é se ele não estiver se sentindo bem e, portanto, não comendo seus cecotrofos.

Apesar disso tudo soar estranho, os cecotrofos estão repletos dos nutrientes de que um coelho precisa ter em sua dieta. Essas fezes especiais contêm mais proteínas e vitaminas do que os cocôs normais. Desse modo, ao consumir seus cecotrofos (além de uma dieta saudável), um coelho estará recebendo todos os nutrientes importantes de que precisa para permanecer saudável.

No fim das contas, o que precisamos ter em mente é que se trata de um comportamento absolutamente normal para os coelhos comer cecotrofos à noite ou de manhã cedo, mas não é normal ver um coelho comer suas fezes normais durante o dia.

Foto: Pixabay

Devemos impedir que nossos coelhos de estimação comam esse tal “cocô especial”?

Não! Se um coelho não consegue comer seus cecotrofos, ele pode sentir a ausência de alguns nutrientes necessários para que seu trato digestivo funcione adequadamente. Dito isto, se você vir seu coelho limpando sua extremidade posterior, não o perturbe, ainda que esse comportamento pareça muito estranho aos nossos olhares.

Se o seu coelho não está comendo seus cecotrofos, é provável que haja um motivo subjacente. Isso pode ser tão simples quanto um quadro de obesidade ou tão sério quanto um problema digestivo.

Leia Também: Por que os polvos não se enrolam nos próprios tentáculos?
Leia Também: Por que as galinhas não voam tão bem como as outras aves?

Lembre-se que alguns coelhos que não receberam os nutrientes apropriados de seus cecotrofos podem se beneficiar da transfaunação. Em termos básicos, esse processo ocorre quando cecotrofos de um coelho saudável são dados a um coelho doente para restabelecer um trato intestinal saudável.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Por que os polvos não se enrolam nos próprios tentáculos?

Olhos das corujas

Por que as corujas têm olhos tão grandes?