no

Por que às vezes não sentimos o cheiro do nosso próprio perfume?

É incrível como nosso olfato tende a “ficar acostumado” com certos aromas, impedindo-nos de sentirmos nosso próprio perfume.

Cheiro do perfume
Foto: Pixabay

Imagine que você resolveu comprar um perfume caro para usar em uma ocasião importante. Então, quando o dia esperado finalmente chega, você percebe que o perfume agradável no seu corpo não consegue ser captado pelo seu nariz após alguns poucos minutos, embora as pessoas ao seu redor possam sentir o seu aroma normalmente.

Apesar de ser uma situação hipotética, casos semelhantes acontecem o tempo todo com várias pessoas, de modo que algo desse tipo pode, inclusive, ter acontecido com você também. Mas, afinal de contas, por que isso acontece?

A dificuldade em sentir o próprio perfume

Foto: Pixabay

Bem, em resumo, o que acontece é que o nosso olfato tende a “ficar acostumado” com certos aromas, especialmente com aqueles que o nosso cérebro considera “familiares”. Os cientistas ainda não sabem exatamente por que o nosso cérebro se acostuma com um cheiro em particular tão rapidamente, mas o que pesquisadores da Universidade da Califórnia já descobriram é que esta é a razão pela qual os humanos percebem cheiros estranhos ou novos tão facilmente.

Os pesquisadores acreditam que essa mesma característica pode ter dado aos nossos ancestrais alguma espécie de vantagem, especialmente quando eles lidavam com situações de risco de vida, como resistir ao ataque de um predador, encontrar comida onde não estava prontamente disponível e assim por diante.

Elaborando diferentes técnicas

Foto: Pixabay

Como o nariz humano tende a se acostumar rapidamente a cheiros específicos, acabou surgindo uma grande necessidade entre os vendedores de perfume para que eles consigam se certificar de que os narizes de seus clientes em potencial estejam “limpos” o suficiente antes que eles possam experimentar cada perfume diferente.

Para conseguir o efeito desejado, existem vários métodos que ajudam a “liberar” o nariz de qualquer “cheiro residual” que a pessoa possa ter adquirido de algum outro objeto. Cheirar grãos de café, um pedaço de lã ou até mesmo um dos antebraços são algumas das técnicas mais comuns utilizadas pelos vendedores de algumas perfumarias.

Uma palavra final

Foto: Pixabay

Quando estamos constantemente expostos a um aroma, como o do perfume que estamos usando ou até mesmo o ambiente em que vivemos, nosso nariz se acostuma com o cheiro e deixa de senti-lo. Curiosamente, há um nome bastante sugestivo para isso: cegueira nasal.

Leia Também: Do que é feito o disco de hóquei no gelo?
Leia Também: Por que as cascas das maçãs têm vários pontinhos?

Com tudo isso em mente, da próxima vez que você estiver usando um perfume requintado e não conseguir sentir o cheiro da fragrância, lembre-se que alguns grãos de café podem ajudá-lo a “limpar” o nariz e obter um cheiro fresco. Desse modo, você poderá ter a total certeza de que ainda está “cheirando bem”!

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Dico de hóquei

Do que é feito o disco de hóquei no gelo?

Por que é tão difícil matar baratas?