no

Por que é tão difícil matar baratas?

As baratas são incrivelmente resistentes porque seus órgãos se adaptaram muito bem ao ambiente caótico em que vivem.

Foto: insight pest / Flickr

Ninguém gosta de acender a luz da cozinha e se deparar com um certo inseto marrom de aparência repugnante correndo pelo chão. No entanto, em muitas residências isso acontece o tempo todo, já que existem mais de 3.500 espécies de baratas no planeta, embora apenas 30 delas se adaptaram para viver lado a lado com os seres humanos.

O mais incrível disso tudo é que, não importa quantas vezes tentamos pisar, golpear ou bombardear veneno sobre as baratas, elas sempre dão um jeito de marcar presença em nossas casas. Então, por que essas criaturas são tão difíceis de matar?

Compreendendo a resistência das baratas

Foto: Rawpixel

O principal fator por trás da resistência das baratas está relacionado ao exoesqueleto dessas criaturas. Ele é constituído por uma série de placas sobrepostas conectadas por uma membrana elástica, sendo não apenas firmes o suficiente para oferecer proteção a esses insetos, mas também flexíveis o bastante para comprimir e transferir energia para suas pernas.

Por conta da complexidade do exoesqueleto das baratas, você certamente terá que usar um pouco mais de força que o convencional para esmagá-las, incluindo torcer o pé por cima delas. Se você pisar sem muita força, verá a mesma barata correr para longe assim que seu pé for erguido.

Criaturas realmente duras na queda

Foto: PxHere

Como se o seu exoesqueleto flexível não fosse suficiente, as baratas também podem se recuperar de danos físicos de forma surpreendente. De fato, elas até podem regenerar as pernas que foram arrancadas. Ou seja, se você esmagar uma barata e apenas danificar suas pernas, essas partes poderão crescer de volta depois de alguns meses.

Também vale destacar que essas criaturas conseguem analisar o ambiente ao redor através do cheiro. Como explica a Smithsonian Magazine, elas têm possuem receptores olfativos e 544 receptores gustativos, tornando-as bem melhores em farejar e degustar o mundo exterior do que vários outros insetos que você vê por aí.

Baratas podem viver por vários dias sem a cabeça

Foto: Public Domain Pictures

Como a maioria dos insetos, as baratas têm vários centros nervosos. Desse modo, quando elas perdem a cabeça (literalmente), o resto do corpo continuará a operar separadamente. Na verdade, uma barata poderia viver indefinidamente sem suas cabeças se não precisasse de sua boca para comer e beber.

Leia Também: Por que às vezes não sentimos o cheiro do nosso próprio perfume?
Leia Também: Do que é feito o disco de hóquei no gelo?

Com tudo isso em mente, podemos dizer que as baratas são incrivelmente resistentes porque seus órgãos se adaptaram muito bem ao ambiente caótico em que vivem, não importa o quanto tentem conspirar contra elas. Sendo assim, é interessante pensarmos que, por mais que essas criaturas sejam detestadas por muita gente, sua capacidade de adaptação é absolutamente fenomenal.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Cheiro do perfume

Por que às vezes não sentimos o cheiro do nosso próprio perfume?

Nutrientes dos vegetais

Os vegetais perdem os nutrientes quando são cozidos?