no

Por que as cascas das maçãs têm vários pontinhos?

Os pontinhos das cascas das maçãs podem até parecer inúteis à primeira vista, mas exercem uma função muito importante.

Pontinhos nas cascas das maçãs
Foto: Pixabay

Do ponto de vista botânico, as maçãs possuem características tão específicas que podem dar origem a detalhes incrivelmente técnicos. Para se ter uma ideia, uma simples maçã tem um lóbulo, um feixe dorsal de carpelo, um endocarpo, um feixe de sépalas e outras partes tão detalhadas que só especialistas conseguem entender perfeitamente. Ainda assim, essas frutas também contam com características bem mais visíveis, como os pontinhos que se destacam em suas cascas avermelhadas.

Neste artigo, você vai descobrir que esse detalhe até pode parecer algo inútil à primeira vista, mas acaba sendo muito importante quando se trata de manter a fruta saudável.

A curiosa função dos pontinhos das cascas das maçãs

Foto: Pixabay

Primeiramente, é preciso ter em mente que praticamente todas as plantas precisam de um fluxo constante de ar fresco (assim como as pessoas), sendo que esse “ar fresco” se resume a dióxido de carbono. Em suma, as árvores absorvem dióxido de carbono e liberam oxigênio, mas, ao contrário das pessoas, as plantas não têm narinas. Pois bem, é exatamente aqui que entram em cena esses pontinhos, que são cientificamente chamados de “lenticelas”.

As lenticelas são órgãos caulinares que realizam trocas gasosas. Na prática, cada pontinho desse em uma abertura na pele da fruta ou na casca da árvore serve ao propósito de deixar o dióxido de carbono entrar e o oxigênio sair com mais facilidade, como se fosse uma “nariz vegetal”. No caso das maçãs, é exatamente através destes minúsculos pontos que elas são capazes de “respirar”.

As desvantagens que isso traz

Foto: Pixabay

Apesar de todos os seus benefícios, a grande desvantagem dessa faceta porosa é que ela fornece uma perfuração interna em toda a superfície da fruta, o que abre espaço para possíveis infecções e doenças, especialmente quando as lenticelas ficam vulneráveis.

Como explica o Mental Floss, uma simples infecção nas lenticelas pode dar origem a uma deficiência de nutrientes capaz de fazer com que esses pontinhos se tornem mais escuros e se transformem em caroços marrons. Inicialmente, isso não é suficiente para “machucar” o interior da fruta, mas pode eventualmente fazer com que a maçã fique “pouco atraente” para o consumo humano, levando ao seu descarte.

Em casos mais graves, uma erupção ainda maior pode se formar através desses pontinhos, deixando a fruta exposta a um grande número de agentes externos, como mosquitos e moscas.

Outros vegetais também apresentam lenticelas

Foto: Pixabay

Vale destacar que as lenticelas não são exclusivas das maçãs. De fato, elas podem ser encontradas em peras, batatas, kiwis e muitas outras espécies de frutas e legumes.

Leia Também: Por que as borboletas não voam em linha reta?
Leia Também: Por que o interior da Terra é quente?

Vale destacar que, sem a presença das lenticelas, muitas plantas não seriam capazes de “respirar” adequadamente, o que seria ruim até mesmo para nós, afinal de contas, ninguém quer consumir um monte de maçãs “asfixiadas” e visualmente pouco atrativas.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Borboletas não voam em linha reta

Por que as borboletas não voam em linha reta?

Dico de hóquei

Do que é feito o disco de hóquei no gelo?