no ,

Por que feijão causa gases?

Chegou a hora de analisarmos por que o feijão tem o poder de causar tantos gases e como minimizar esses efeitos colaterais.

O feijão é um alimento altamente nutritivo e rico em várias vitaminas e minerais importantes, incluindo potássio, magnésio, ácido fólico, ferro e zinco. No entanto, ele também é conhecido por causar sintomas digestivos desagradáveis, incluindo gases, inchaço e até dor de estômago.

Continua após a publicidade..

Felizmente, existem muitas maneiras de prevenir ou minimizar os gases causados pelo feijão. Neste artigo, analisaremos mais de perto por que o feijão tem o poder de causar tantos gases e como minimizar esses efeitos colaterais.

A rafinose e seu papel por trás dos gases do feijão

por que feijao causa gases 1
Fonte: Pixnio

Basicamente, nossos estômagos são compostos de enzimas digestivas que trabalham para decompor os alimentos que ingerimos e distribuir os nutrientes por todo o corpo. O feijão, no entanto, está cheio de oligossacarídeos, que são moléculas de açúcar insolúveis e incapazes de serem digeridas adequadamente. Dentre elas, uma se destaca: a rafinose.

Como explica o Spoon University, devido à falta de uma enzima chamada alfa-galactosidase no trato digestivo humano, a rafinose é geralmente mal digerida. Portanto, a rafinose pode passar diretamente pelo estômago e intestino delgado sem ser digerida e entrar no intestino grosso, onde é fermentada por bactérias intestinais.

Continua após a publicidade..

Na prática, toda essa fermentação resulta na produção de gases, incluindo metano, hidrogênio e dióxido de carbono, que causam flatulência e inchaço. Ainda assim, é importante mencionar que a rafinose não está presente apenas no feijão, mas também em alimentos como repolho, brócolis e couve-de-bruxelas, embora em menor quantidade.

Fibras também entram em cena

por que feijao causa gases 2
Fonte: Pixabay

Além de toda a questão da rafinose, também é interessante destacar que os feijões são ricos em fibras dietéticas, um composto vegetal que resiste à digestão à medida que se move pelo trato digestivo. Eles são particularmente ricos em fibras solúveis, um tipo de fibra que absorve água no trato digestivo para formar uma textura espessa e semelhante a um gel.

Continua após a publicidade..

De acordo com o Healthline, a fibra solúvel está associada a uma longa lista de benefícios para a saúde, incluindo melhor regularidade digestiva e controle do açúcar no sangue, redução dos níveis de colesterol LDL (ruim) e melhoria da saúde do coração. Por outro lado, aumentar a ingestão de fibras muito rapidamente também pode causar efeitos colaterais negativos, incluindo gases e inchaço.

Uma vez que a fibra dietética atinge o cólon, ela é fermentada pelas bactérias benéficas que vivem lá, de modo que o gás é um subproduto dessa fermentação. Comer grandes quantidades de fibra também pode causar outros sintomas adversos, incluindo diarreia, dor de estômago e desconforto.

Como amenizar os efeitos?

Caldo de feijão.
Fonte: Public Domain Pictures

Existem vários métodos que você pode usar para reduzir os gases causados pelo feijão. Por exemplo, alguns estudos mostram que deixar o feijão de molho antes de cozinhá-lo pode diminuir significativamente seu teor de rafinose e ajudar a prevenir a produção de gás no cólon e subsequente flatulência.

Além disso, vários produtos farmacêuticos que podem ser comprados sem receita médica contêm enzimas digestivas como alfa-galactosidase para ajudar a facilitar a digestão de feijões e outras leguminosas. Aumentar lentamente a ingestão de alimentos ricos em fibras e beber bastante água para se manter hidratado também pode ajudar seu corpo a se ajustar e aliviar efeitos colaterais como gases e inchaço.

Leia Também: Por que tantos alunos odeiam matemática?
Leia Também: Naranjito: a laranja que virou mascote da Copa de 1982

Com tudo isso em mente, da próxima vez que você estiver em um encontro com o amor da sua vida e acabar soltando um pum desajeitadamente, em vez de ficar vermelho e fingir que não teve nada a ver com isso, você pode esclarecer que o gás liberado foi apenas uma reação natural do seu bom e velho aparelho digestivo.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

rudolph zona curiosa

Rudolph: As 8 Melhores Curiosidades Sobre a Rena do Nariz Vermelho

eBay: As 8 Melhores Curiosidades do Site

eBay: As 8 Melhores Curiosidades do Site