no ,

O que foi a Guerra da Chaleira?

Conflito apresentou características nada convencionais desde o início.

Guerra da Chaleira
Guerra da Chaleira foi um dos conflitos mais inusitados da história. (Foto: Sharada Prasad CS/Flickr)

Geralmente, as guerras são travadas por questões envolvendo honra, glória e disputas geopolíticas. No entanto, a história já registrou conflitos bem mais incomuns, com alguns deles sendo desencadeados por razões triviais. Um bom exemplo disso foi a inusitada “Guerra da Chaleira”.

Além de contar com um nome bastante intrigante, a Guerra da Chaleira de 1784 foi um típico conflito na base do “Davi contra Golias”. Na ocasião, uma formidável frota naval do Sacro Império Romano-Germânico enfrentou um navio de guerra solitário, pouco resistente e com um número de combatentes bem menor.

Ao longo desse breve conflito, que durou menos de um dia, apenas um único tiro foi disparado e a única “vítima” foi uma chaleira.

Rio Scheldt, o estopim do conflito. (Foto: Wikimedia Commons)

O início da infame Guerra da Chaleira

As circunstâncias que levaram a esse conflito bizarro começaram mais de duzentos anos atrás, numa época em que a região dos Países Baixos (que também abrangia os atuais territórios da Bélgica e de Luxemburgo) estava sob domínio espanhol, sendo supervisionada pela Casa de Habsburgo, que também controlava o Sacro Império Romano-Germânico.

Em 1568, um grupo de sete estados holandeses que ocupavam a parte norte da região finalmente se revoltou contra os governantes espanhóis. Após oitenta anos de conflito, os Habsburgos cederam e os holandeses ganharam independência. No entanto, as províncias do sul, que mais tarde se tornariam Bélgica e Luxemburgo, ainda permaneciam sob o controle da Espanha.

Mais de um século se passou desde que os holandeses conquistaram sua independência, mas a relação com a Espanha ainda permanecia muito tensa, sendo o rio Scheldt a principal causa de toda essa inimizade.

Antes que os holandeses assumissem o controle da foz do rio, as províncias do sul tinham dois portos florescentes em Scheldt: Ghent e Antuérpia. No entanto, com o fechamento do transporte marítimo do Scheldt pelos holandeses, o comércio mudou desses portos para Amsterdã e Middelburg, prejudicando o comércio das províncias do sul.

Sem muitas surpresas, o Sacro Imperador Romano José II ficou muito insatisfeito ao ver seu império perder dinheiro, o que o levou a exigir que tudo voltasse a ser como antes. No entanto, os holandeses ignoraram a sua exigência.

O Sacro Imperador Romano José II. (Foto: Wikimedia Commons)

O “auge” do conflito

Em 9 de outubro 1784, José II enviou três navios para o Scheldt com o objetivo de forçar a abertura do rio. Em resposta, os holandeses enviaram um único navio, o Dolfijn, para interceptar os navios imperiais.

Os registros são escassos sobre o que aconteceu naquele dia, mas a narrativa mais aceita indica que o Dolfijn disparou um tiro contra um navio inimigo e destruiu completamente uma chaleira no convés da embarcação.

Para a surpresa de muitos, o capitão do navio atingido não revidou e abriu mão da disputa, mesmo estando muito mais preparado para um possível confronto armado.

Após o ocorrido, José II ficou compreensivelmente furioso. Ele declarou guerra aos holandeses e enviou um exército para ocupar o antigo Forte Lillo, ao norte da Antuérpia. Na ocasião, as forças do imperador quebraram vários diques, inundando uma grande área e desalojando muitas pessoas.

Guerra da Chaleira
Tecnicamente, a única vítima “fatal” da guerra foi uma chaleira. (Foto: Pixabay)

O desfecho e as consequências da Guerra da Chaleira

Depois do desenrolar de todos esses eventos, ambas as partes concordaram em terminar o conflito e chegaram à mesa de negociações.

Leia Também: Big Nose George: o criminoso que foi transformado em um par de sapatos
Leia Também: Cinco naufrágios que entraram para a história

No fim, os holandeses mantiveram o controle do Scheldt, mas tiveram que pagar milhões de florins holandeses aos Habsburgos como compensação. Consequentemente, o rio foi reaberto para o transporte de mercadorias em 1792.

A Guerra da Chaleira foi um conflito bizarro em vários aspectos, não é mesmo? Se você gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Por que as baratas são tão resistentes?

O que faz um auxiliar administrativo?