no ,

O leite de soja é ‘leite de verdade’?

Polêmica com a nomenclatura envolve fatores bem mais complexos do que muita gente imagina.

Leite de soja
Foto: Pixabay

Quando você toma seu café ou come o seu cereal matinal favorito, que tipo de leite você normalmente adiciona a cada um desses alimentos? Você prefere o leite de vaca ou um dos muitos tipos diferentes de leites vegetais agora disponíveis? Alguns anos atrás, a maioria das pessoas tomava apenas o leite de vaca tradicional, mas a popularidade das variações à base de plantas (como o leite de soja) mudou a maré.

Com essa tendência crescente, uma nova questão surgiu: o leite de soja e os vários outros leites de origem vegetal deveriam realmente ser chamados de “leite”?

Foto: Pixabay

O que pode ser considerado “leite”?

Nos últimos anos, a palavra “leite” tem passado por uma crise de identidade, com muitas pessoas questionando quais líquidos são realmente dignos da adoção desse termo. Alguns até levantam polêmicas contra os leites à base de plantas (ou “leites falsos”, como eles os chamam), buscando reprimir os leites que não vêm de vacas.

A Federação Nacional de Produtores de Leite dos Estados Unidos tem sido uma das entidades mais críticas aos leites de origem vegetal, como no caso do leite de soja. De fato, a instituição enviou uma carta sobre o assunto para ao FDA (Food and Drug Administration), que regula fármacos e alimentos nos EUA.

“Acreditamos fortemente que o uso do termo ‘leite’ pelos fabricantes de produtos à base de plantas é enganoso para os consumidores, prejudicial para a indústria de laticínios e uma violação do padrão de identidade do leite. Embora os consumidores tenham o direito de escolher produtos de imitação, é enganoso e ilegal para os fabricantes desses itens lucrarem com o nome ‘leite’”, diz a carta enviada ao FDA.

Em vez de ser chamado de leite, que esses legisladores afirmam ser reservado para vacas, o FDA está sendo solicitado a fazer os fabricantes de leite vegetal escolherem um nome diferente. O que eles falham em abordar é se o leite de mamíferos não-vacas (como cabras e ovelhas) continuará a ter o direito de ser chamado de “leite”.

Leite de soja
Foto: Pixabay

O que o dicionário diz a respeito do leite de soja e outros “leites vegetais”?

A maioria das definições primárias de leite no dicionário o descreve como “o líquido que vem das fêmeas dos mamíferos para alimentar seus filhotes”. De forma semelhante, o Oxford Dictionary descreve o substantivo como “um fluido branco opaco rico em gordura e proteína, secretado por  fêmeas para a nutrição de seus filhotes”.

Dito isso, ambos os dicionários também incluem definições secundárias ou terciárias mais amplas que descrevem leites de fontes alternativas. Leites à base de plantas (como leite de soja, amêndoa, arroz e coco) são chamados de “leite” porque servem como substitutos não lácteos do leite comum e podem, a partir disso, ser semelhantes em consistência, sabor e valor nutricional.

É importante deixar claro que toda essa discussão fica ainda mais complexa porque o termo “leite de soja” foi colocado nos rótulos por mais de 100 anos, então alguém poderia argumentar que mudar o rótulo poderia confundir ainda mais o consumidor.

No fim das contas, é bastante plausível que toda essa busca por mudanças pode ter menos a ver com a integridade da rotulagem do produto e a identidade do leite de vaca, e mais com a indústria de laticínios, que tem visto uma queda no consumo ao longo dos anos em várias partes do mundo, especialmente nos EUA.

Foto: Pixabay

Então, o leite de soja é um leite de verdade ou não?

De certo modo, podemos dizer que o leite de soja é um “leite falso” simplesmente porque ele não é secretado por nenhum animal mamífero. Por outro lado, o fato é que as palavras tendem a ganhar significados extras conforme a linguagem se desenvolve. Desse modo, o termo “leite” acaba sendo amplamente utilizado para descrever as alternativas vegetais ao “leite verdadeiro”.

Vale mencionar que o leite de soja é obtido através da soja umidificada e amolecida que é colocada em um triturador, onde se adiciona água quente a 95ºC. No tanque de trituração a soja é diluída em água quente, formando uma massa que é agitada, obtendo-se uma solução leitosa.

Leia Também: Por que os gatos têm medo de água?
Leia Também: Por que tantas pessoas têm medo de insetos?

No fim das contas, embora o leite de soja não seja um leite propriamente dito, ele já conseguiu alcançar popularidade suficiente para ser referido dessa forma. Dito isto, à medida que o setor de laticínios continua defendendo seu caso e os produtores de leites de origem vegetal rebatem, fica cada vez mais claro que essa discussão ainda está longe de ver um fim.

O termo “leite de soja” é um tanto controverso, não é mesmo? Se você gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

14 curiosidades incríveis sobre robôs

Laser vermelho

Por que o laser vermelho é o mais comum?