no

Por que os gatos têm medo de água?

A relação entre gatos e água é muito mais complexa do que parece.

Gatos têm medo de água
Foto: spakattacks/Flickr

Ao longo da história, os gatos construíram uma reputação de serem bastante aquafóbicos, mas será que nossos amigos felinos realmente têm medo de água? Se você já tentou dar banho em um gato, pode pensar que sim, mas a verdade é que os gatos têm uma relação bem mais complexa do que parece com essa substância líquida essencial para a vida.

Ao contrário do que muita gente pensa, alguns gatos são fascinados por água e podem até mesmo gostar de mergulhar as patas ou cabeça na torneira. Certas raças de gatos domésticos são bastante conhecidas por seus mergulhos ocasionais. Por exemplo, o Turco Van ganhou o apelido de “gato nadador” por causa de sua afinidade com a água.

No entanto, embora os gatos saibam nadar quase tão bem quanto os cães, um gato comum não costuma mostrar um grande interesse em se aventurar na água. Por quê? Bem, cientistas e especialistas em comportamento animal dizem que há uma variedade de razões por trás disso, como veremos ao longo desse artigo.

Foto: Pixabay

Os gatos têm medo de água por uma questão evolutiva

O primeiro fator que ajuda a explicar por que os gatos têm medo de água é a evolução. Enquanto os gatos selvagens que vivem em climas quentes e úmidos podem dar um mergulho refrescante ocasional para se refrescar, a maioria dos gatos domésticos descende de felinos que viviam em regiões secas; portanto, nadar simplesmente não era necessário para a sua sobrevivência.

Mais especificamente, os gatos domésticos descendem de gatos selvagens árabes. Seus ancestrais viviam em uma área com poucos corpos d’água de tamanho relevante. Por conta disso, eles nunca tiveram que aprender a nadar, pois não havia nenhuma vantagem nisso.

Apesar de milhares de anos vivendo ao nosso lado, os gatos ainda mantêm os mesmos instintos de seus ancestrais selvagens porque são apenas “semidomesticados“. Na prática, isso significa que os felinos estão sempre atentos a um perigo potencial e desejam permanecer em boa forma caso precisem lutar ou fugir. No entanto, quando o pelo de um gato está molhado, o animal fica pesado, o que compromete a agilidade e o torna vulnerável a ataques.

Foto: Pixabay

Experiências negativas também têm suas parcelas de culpa

Outra razão pela qual os gatos podem não se importar muito com a água está relacionada a experiências negativas (ou falta de experiências) com ela. Se a única exposição do seu gato à água foi ficar preso em uma chuva torrencial, sendo forçado a tomar um banho para a remoção de pulgas ou sendo esguichado como medida disciplinar, não é de surpreender que eles não gostem disso.

Vale destacar que os gatos que não são acostumados com a água também podem fugir de banhos porque os felinos são criaturas de hábitos definidos e dificilmente gostam de surpresas.

Gatos que receberam banhos regulares desde a infância podem ser mais abertos a dar um mergulho. No entanto, tentar forçar um gato a entrar na água pode deflagrar a resposta de luta ou fuga do animal, potencialmente ferindo você e seu gato, além de fazer o seu bichinho desconfiar de você e de qualquer lugar com água.

Os gatos têm medo de água por conta do desconforto

Por último, vale mencionar que ficar molhado é simplesmente desagradável para os gatos por que eles passam várias horas de vigília se limpando. Dito isto, é compreensível notar que eles não gostam de ver todo o seu “trabalho duro” sendo arruinado.

Além disso, os gatos possuem inúmeras glândulas odoríferas que produzem feromônios usados ​​para marcação de território e comunicação. Nesse caso, a água (especialmente água de banho perfumada e água de torneira com produtos químicos) pode interferir nisso.

Também não podemos nos esquecer que o pelo molhado tende a ficar frio e dificultar sua movimentação. O pelo dos gatos não tende a secar rapidamente, sem falar que é muito desconfortável ficar encharcado.

Então, se os gatos não costumam ficar interessados ​​em nadar, por que tantos felinos mergulham em suas tigelas de água e olham tão fixamente para a água do banho? Bem, nesse caso, acontece que não é a água em si que os interessa, mas como ela se apresenta e se move.

Leia Também: Por que os gatos comem grama?
Leia Também: Quais são as melhores profissões para quem gosta de animais?

Na prática, o padrão de cintilação (a luz que reflete na água) induz o cérebro dos gatos a pensar que se trata de um sinal potencial de uma presa. Ou seja, na cabeça dos nossos amigos felinos, algo em movimento pode representar uma coisa para comer.

E você, já tinha ficado com a impressão de que os gatos têm medo de água? Se gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Mapa de Atlantropa

O que foi o projeto Atlantropa?

Por que os abacaxis eram ‘alugados’ pela antiga elite europeia?