no ,

12 curiosidades incríveis sobre a franquia Counter-Strike

Uma referência no gênero FPS (tiro em primeira pessoa), quase todos os gamers já estão familiarizados com os jogos da série Counter-Strike.

Counter-Strike 1.6
Foto: Reprodução

Counter-Strike é uma franquia de sucesso desde seu início em 1999. Uma referência no gênero FPS (tiro em primeira pessoa), quase todos os gamers já estão familiarizados com os jogos da série. A versão mais recente, CS: GO, possui uma enorme base de jogadores e seu cenário de esportes está florescendo.

Por ser uma franquia com uma história tão rica, Counter-Strike conta com muitas curiosidades que até mesmo os fãs ainda podem desconhecer. Pensando nisso, listamos aqui 12 fatos curiosos que muita gente ainda desconhece sobre a série.

1. É um tanto bizarro olhar para trás e descobrir que o Counter-Strike não começou como um jogo autônomo. Inicialmente, ele foi criado como um mod desenvolvido por Minh “Gooseman” Le e Jess “Cliffe” para o jogo Half-Life.

Foto: Reprodução

2. Após seu lançamento, o mod imediatamente pegou o ritmo e começou a atrair um grande número de jogadores. Eventualmente, ele se tornou tão popular que os direitos do mod foram comprados pela Valve, levando ao desenvolvimento de um jogo autônomo.

3. O Counter-Strike Neo, desenvolvido pela Namco, é uma adaptação de arcade do mod Counter-Strike original. Lançado em 2005, ele se tornou um dos poucos jogos feitos exclusivamente para o sistema operacional Linux. Curiosamente, o CS Neo não apresentava os cenários tradicionais de terroristas versus contra-terroristas, mas contava com times futuristas baseados na estética ciberespaço do jogo.

4. No início, Counter-Strike apresentava apenas mapas de resgate de reféns e não havia mapas de desarmamento de bomba disponíveis. Os mapas de desarmamento de bomba foram adicionados na versão beta 4.0 e rapidamente ultrapassaram os mapas de resgate de reféns em popularidade.

Foto: Reprodução

5. Todos os comandos de rádio e diálogos ouvidos nos jogos iniciais da franquia foram gravados pelo co-criador Jeff Cliffe. Isso mudou com o lançamento da versão Global Offensive, na qual cada facção passou a contar com seus próprios dubladores exclusivos.

6. Em 2010, um homem chamado Julien Barreaux ganhou destaque depois de esfaquear e quase matar outra pessoa por causa de uma rivalidade no jogo. Segundo relatos, Julien perdeu uma luta de faca contra outro jogador em um jogo de Counter-Strike, o que culminou na tentativa de assassinato.

7. Desde que o mod foi obtido pela Valve e se transformou em uma franquia completa, não houve um único jogo Counter-Strike que foi totalmente desenvolvido pela Valve. Embora a empresa auxilie no desenvolvimento, a produção dos games é sempre terceirizada.

Foto: Reprodução

8. Como o Counter-Strike original era um mod para o Half-Life, ele incluía todos os elementos do jogo-base. Na prática, isso também significava que o mod tinha veículos dirigíveis como o Half-Life.

9. Durante a versão beta 7.0, os desenvolvedores adicionaram oficialmente o suporte de veículos ao game, onde os jogadores podiam dirigir carros. No entanto, o recurso foi removido em atualizações futuras, pois estava atrapalhando o ambiente competitivo do jogo.

10. A logomarca oficial do CS: GO apresenta uma pessoa segurando uma arma Scar-L. Curiosamente, esta arma nunca chegou à versão final do jogo devido a razões até hoje desconhecidas.

Foto: Reprodução

11. Os nomes de alguns dos bots no jogo são baseados em indivíduos reais. Por exemplo, nas versões iniciais, há um bot chamado Gabe, cujo nome vem de Gabe Newell, o fundador do Steam. Há também dois bots chamados Minh e Cliff como uma homenagem aos desenvolvedores originais do jogo.

Leia Também: 12 curiosidades interessantes sobre a franquia Metal Slug
Leia Também: 12 curiosidades incríveis sobre os golfinhos

12. Em 15 de março de 1999, os dois desenvolvedores originais estavam debatendo as ideias sobre como nomear o mod do Half-Life. No final das contas, o termo escolhido foi Counter-Strike porque era o nome que soava melhor e, coincidentemente, também era o nome de um programa de TV canadense que o desenvolvedor Minh Lee costumava assistir.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Homem assistindo a filmes de terror

Por que gostamos tanto de ver filmes de terror?

Por que o nariz escorre quando comemos comidas picantes?