no ,

Quais os benefícios das plantas para o bem-estar do ser humano?

Pesquisas têm mostrado como os espaços verdes internos e externos podem melhorar consideravelmente o nosso bem-estar.

Plantas promovem o bem-estar
Foto: Pixabay

O que plantas, florestas, campos abertos e jardins floridos têm a ver com a saúde e o bem-estar dos seres humanos? Quase tudo, de acordo com uma extensa lista de estudos científicos que apoiam os benefícios da exposição humana a ambientes naturais.

Se você está se perguntando qual efeito mágico as plantas podem ter sobre nós, este artigo traz o básico do que você precisa saber sobre como as plantas afetam o bem-estar dos seres humanos e o ambiente em que vivemos.

Foto: Pixabay

As plantas podem atuar como purificadores e resfriadores de ar

As plantas podem melhorar a qualidade do ar de duas maneiras. Em primeiro lugar, elas realizam a fotossíntese, na qual absorvem dióxido de carbono e liberam oxigênio de volta à atmosfera. De fato, é exatamente por isso que uma caminhada no parque pode deixar você se sentindo revigorado.

Junto com a liberação de oxigênio, a fotossíntese que ocorre nas folhas das plantas leva à produção de íons de ar negativos (NAIs). Os NAIs desempenham um papel crucial na absorção de partículas em suspensão e, consequentemente, na purificação do ar. Isso explica por que as casas situadas perto de espaços verdes apresentam ar mais limpo e com melhor qualidade.

As plantas também promovem benefícios que auxiliam na termorregulação e atuam como umidificadores naturais, graças ao processo de transpiração. A transpiração é definida como o processo de movimento da água através da planta e sua evaporação na forma de vapor d’água. Conforme o vapor de água é liberado, ele reduz o superaquecimento e resfria a região ao redor da planta.

Como a transpiração auxilia no resfriamento da temperatura ao redor da planta, isso também ajuda a aumentar o teor de umidade na atmosfera. De fato, evidências sugerem que fachadas verdes em edifícios podem resultar em uma queda significativa na temperatura e redução na carga de calor nos prédios.

Foto: Pixabay

Benefícios das plantas também incluem a redução do estresse

As plantas também ajudam na redução do estresse fisiológico e psicológico. Elas fazem isso agindo na divisão simpática do sistema nervoso autônomo (SNA). A divisão simpática ativa o que comumente conhecemos como “reação de lutar ou fugir”.

Em condições estressantes, a divisão simpática do SNA é ativada, o que leva a uma série de reações como pressão arterial elevada, frequência cardíaca aumentada, sudorese aguda e dilatação da pupila. Em casos do tipo, as plantas afetam o SNA suprimindo ações da divisão simpática, reduzindo assim os efeitos negativos causados pelo estresse.

As plantas também são conhecidas por promoverem benefícios nas habilidades cognitivas dos indivíduos, especificamente em termos de habilidades criativas e de resolução de problemas. De acordo com um estudo realizado na Exeter University, no Reino Unido, as plantas melhoram a concentração e promovem o aumento da produtividade e do bem-estar geral das pessoas no trabalho.

Por conta disso, expor adultos e crianças a atividades associadas a plantas e árvores pode aumentar consideravelmente a sua capacidade de concentração e retenção de memória.

Foto: Pixabay

Uma palavra final

Por último, vale destacar que os atributos benéficos das plantas nos levaram a usá-las em vários processos de cura médica. Um estudo mostrou que os pacientes que podiam ver as árvores de suas janelas costumavam se curar mais rápido e exigiam menos medicação após a cirurgia do que os pacientes cujas janelas estavam viradas para uma parede de tijolos.

De um modo geral, acredita-se que as atividades da horticultura podem ter um efeito positivo nas habilidades cognitivas e no volume cerebral no hipocampo, reduzindo assim o risco de comprometimento cognitivo e até depressão.

Por conta desses benefícios, terapias que envolvem horticultura e jardinagem podem ser prescritas para pessoas com casos diagnosticados de doenças mentais crônicas, bem como deficiências físicas. Essa intervenção pode resultar no alívio da dor, melhora da atenção, redução do estresse e menor necessidade de uso de medicamentos, especialmente em pacientes mais velhos.

Leia Também: Por que o cigarro é tão viciante?
Leia Também: Por que a bandeira do japão só tem um círculo vermelho?

No fim das contas, a maneira mais fácil de obter os benefícios citados é levar para casa algumas plantas, cuidar delas e tornar seu espaço de convivência um pouco mais verde e mais saudável!

As plantas promovem maravilhas para o bem-estar do ser humano, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Quem criou o robô mascote do Android?

Quem inventou a arma AK-47?