no

Por que crianças adoram brincar?

Os cientistas não apenas buscam entender por que as crianças adoram brincar, mas também como isso pode ajudar no desenvolvimento infantil.

Crianças adoram brincar
Foto: Pixabay

De um modo geral, o fim do dia representa a hora do descanso para os adultos, mas as crianças pensam justamente o contrário, muitas vezes correndo em círculos e lançando brinquedos para todos os lados. Mas, afinal, como as crianças conseguem nutrir tanta energia? Por que elas adoram brincar?

Psicólogos e filósofos vêm se perguntando por que as crianças adoram brincar há séculos e, embora não haja uma resposta conclusiva, certas hipóteses podem ajudar a explicar essa questão.

Foto: Pixabay

Os principais fatores que ajudam a explicar por que as crianças adoram brincar

De acordo com o HowStuffWorks, os estudos realizados para tentar entender as razões pelas quais as crianças brincam levaram a muitas conclusões diferentes. As teorias clássicas surgiram nos séculos 19 e 20 e giram em torno das seguintes hipóteses:

Teoria da energia excedente (Friedreich Schiller) – As crianças acumulam energia excedente que deve ser liberada por meio de atividades recreativas;

Teoria da recreação ou relaxamento (Moritz Lazarus) – A brincadeira restaura a energia perdida em outras atividades;

Teoria da recapitulação (G. Stanley Hall) – Brincar é uma atividade que elimina instintos primitivos inadequados que foram transmitidos por hereditariedade;

Teoria da prática ou pré-exercício (Karl Groos) – Brincar permite que as crianças pratiquem papéis de adultos e instila nelas algumas habilidades que mais tarde serão necessárias para a sobrevivência.

Por outro lado, as teorias modernas surgiram após 1920 e são apoiadas por pesquisas empíricas. Elas incluem as seguintes hipóteses:

Teoria psicanalítica (Sigmund Freud) – Brincar é uma catarse que permite que as crianças expressem seus sentimentos e dissipem emoções negativas para substituí-las por positivas;

Teoria da modulação da excitação (Daniel Berlyne) – As crianças brincam para regular o nível de excitação do sistema nervoso central;

Teoria metacomunicativa (Gregory Bateson) – As crianças brincam para aprender a autenticidade da vida e os propósitos de faz de conta de objetos e ações;

Teorias cognitivas (Jean Piaget e Lev S. Vygotsky) – Piaget acreditava que as crianças usam suas habilidades mentais atuais para resolver problemas porque podem fingir que o mundo é diferente do que realmente é; Vygotsky acreditava que a brincadeira desenvolve poderes cognitivos e encoraja o pensamento abstrato.

Foto: Pixabay

Uma questão ainda sem um consenso

Como você provavelmente já percebeu, não há um consenso sobre o motivo pelo qual as crianças adoram brincar. No entanto, podemos concordar com uma coisa: brincar é benéfico e essencial para o desenvolvimento das crianças.

De acordo com o Psychology Today, por meio da brincadeira, as crianças aprendem a tomar decisões, exercer autocontrole, responder a situações desafiadoras e seguir regras. Além disso, brincadeiras sociais ajudam as crianças a fazer amigos e as deixam mais felizes.

Crianças adoram brincar
Foto: Pixabay

O futuro das brincadeiras

Segundo alguns estudos, os benefícios do ato de brincar não o impediram de ser vítima de nossa sociedade moderna voltada ao mundo digital. Em outras palavras, as crianças de hoje estão brincando muito menos do que as crianças do século passado.

No entanto, isso não significa que a tecnologia seja necessariamente o prenúncio da morte das brincadeiras tradicionais. Considerando que as crianças de hoje passam mais tempo usando a mídia digital, medidas mais práticas podem ser feitas para atrair a atenção dos pequenos.

Leia Também: Como os bumerangues voltam para o mesmo lugar?
Leia Também: Qual a diferença entre manteiga e margarina?

Inserir mais espaços para brincar nas áreas públicas das cidades pode tornar os ambientes urbanos e suburbanos lugares melhores para as crianças brincarem. De certo modo, essas ideias podem ser parte da chave para reavivar o interesse das crianças pelas brincadeiras ao ar livre.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Qual a diferença entre manteiga e margarina?

Por que os touros se irritam com a cor vermelha?