no ,

Pipoca faz bem para a saúde?

A pipoca pode ser tão boa quanto ruim para a saúde de uma pessoa, dependendo de como ela é feita.

Pipoca faz bem para a sáude
Foto: Pixabay

A pipoca é um dos petiscos mais satisfatórios e práticos que temos à nossa disposição. Nos últimos anos, a preferência pela pipoca ganhou até mesmo um novo status, visto que ela passou a ser considerada uma alternativa saudável com relação a outras opções de lanches. No entanto, será que ela realmente faz bem para a saúde?

A pipoca, com sua ampla fibra alimentar e contagem de calorias normalmente baixa, pode realmente ser considerada um lanche saudável, mas é importante tomar cuidado antes de começar a colocar uns punhados na boca, pois nem todas as pipocas são iguais.

Foto: Pixabay

Pipoca faz bem para a saúde, mas é preciso estar atento a certos detalhes

Quando levemente temperada, a pipoca é um lanche muito saudável. Isso porque o milho é um grão integral, sendo que, de um modo geral, os grãos integrais ricos em fibras têm sido associados a um menor risco de doenças cardíacas, diabetes, alguns tipos de câncer e outros problemas de saúde.

Além disso, ela é barata e muito deliciosa. Portanto, para as pessoas que não costumam comer frutas, vegetais ou outros grãos, a pipoca se torna a escolha ideal para aqueles que buscam um petisco nutricionalmente balanceado.

No entanto, a pipoca vendida nos cinemas é muito diferente da pipoca feita em casa. Um balde de pipoca de cinema pode conter até 1.090 calorias e 2.650 miligramas de sódio, pois é muito rica em sal. O sódio é um dos principais fatores de risco para hipertensão e derrame, então é algo que preocupa do ponto de vista das doenças cardíacas.

De forma parecida, as pipocas doces também não são recomendadas. Neste caso, é o açúcar que entra em cena para transformar um lanche originalmente inofensivo em uma verdadeira bomba calórica.

Também vale destacar que a maioria das redes de cinemas estouram suas pipocas em óleo de soja, que embora seja mais barato e acessível, costuma ser a pior escolha em termos de saúde. Azeite e óleo de girassol são mais indicados para esse fim.

Foto: Wikimedia Commons

Pipoca de micro-ondas não é recomendada

Embora seja muito mais prática, a pipoca de micro-ondas não costuma ser recomendada pelos nutricionistas. Isso ocorre porque ela é fonte de gordura trans, uma das maiores vilãs da saúde.

Em resumo, as gorduras trans são feitas artificialmente a partir da hidrogenação de óleos vegetais e, por isso, não conseguem ser completamente digeridas pelo nosso organismo, o que pode causar aumento do colesterol ruim (LDL).

Além disso, vale destacar que as pipocas de micro-ondas têm um alto teor de aromatizantes, conservantes e outras substâncias tradicionalmente maléficas ao organismo, embora muitos dos produtos químicos envolvidos tenham sido removidos nos últimos anos.

Um dos produtos químicos usados anteriormente, o diacetil, tem sido associado a problemas de saúde que causam falta de ar e respiração ofegante. Curiosamente, o diacetil, que dava às pipocas de micro-ondas seu sabor amanteigado até meados de 2006 (quando foi proibido), não é prejudicial se ingerido; na verdade, o perigo surge quando ele é inalado em grandes quantidades.

Foto: Pixabay

Uma palavra final

Como você pode ver, a pipoca tradicional (feita em casa) é amplamente considerada uma comida boa para a saúde. Além da fibra, a pipoca também é uma boa fonte de polifenóis, que são antioxidantes que têm sido associados a uma melhor circulação sanguínea e saúde digestiva, bem como a um risco potencialmente menor do desenvolvimento de certos tipos de câncer.

Leia Também: 12 curiosidades incríveis sobre parques de diversões 
Leia Também: Por que comemos sobremesa mesmo quando já estamos fartos?

Outro benefício para a saúde das pipocas é sua alta saciedade. Por causa do alto teor de fibra, sua contagem reduzida de calorias e sua baixa densidade energética, a pipoca é considerada um alimento que pode auxiliar na perda de peso. Na prática, ela faz as pessoas se sentirem mais saciadas.

E você, também curte uma pipoquinha? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Parques de diversões

12 curiosidades incríveis sobre parques de diversões

Por que os dentes não são considerados ossos?