no

10 curiosidades interessantes sobre a União Europeia

União supervisiona várias questões de políticas públicas para seus membros, como segurança e economia.

Foto: Pixabay

Com um total de 27 países integrantes, a União Europeia supervisiona várias questões de políticas públicas para seus membros, como segurança e economia. Sua intenção é também enfatizar o papel dos países europeus no amplo esquema das coisas no mundo como um todo.

Com sua criação em novembro de 1993, muitas das feridas remanescentes das guerras do início do século 20 começaram a cicatrizar e a Europa se abriu para seus cidadãos, bem como para uma nova onda de viajantes entusiasmados. No entanto, mesmo com toda a sua fama, ainda existem alguns fatos curiosos sobre essa união econômica e política que muita gente desconhece.

Pensando nisso, listamos aqui algumas das curiosidades mais interessantes sobre a União Europeia. Confira!

1. Os séculos após a queda de Roma são frequentemente citados como o início de uma união entre países da Europa, já que muitos estados europeus se viam como sucessores do Império Romano (por exemplo, o Império Franco e o Sacro Império Romano). Estas tentativas contínuas de unidade de vários Estados serviram como as sementes das quais a União Europeia se desenvolveu.

2. Na Comissão Europeia, cada país é representado por um comissário. Enquanto os membros do Conselho de Ministros representam os interesses dos seus próprios países, os representantes da Comissão têm de se manter imparciais, analisando as questões numa escala mais ampla e optando por políticas que beneficiem a UE no seu todo.

Foto: Pixabay

3. Os países membros não são forçados a permanecer na União. Qualquer país pode sair, se assim o desejar, mas ele deve notificar o Conselho Europeu dessa decisão, obviamente. É sempre necessário tomar várias providências para que um país possa sair, incluindo decisões tomadas sobre como serão tratadas as relações futuras entre o país “desertor” e a União.

4. Os países da UE compartilham consigo uma característica bem peculiar: seus passaportes. Os países da União Europeia costumam ter um passaporte vermelho (a cor sugerida, mas não obrigatória), com o nome do bloco escrito no topo, seguido do país onde a pessoa reside.

Foto: Pixabay

5. A União Europeia tem a sua própria bandeira com doze estrelas. Há uma ideia de que elas originalmente pretendiam simbolizar doze países, mas nenhuma correlação foi realmente confirmada, especialmente porque há mais do que o dobro dessa quantidade de membros hoje. As doze estrelas são geralmente consideradas um símbolo de unidade e perfeição.

6. Existem 24 línguas oficiais na União Europeia, incluindo espanhol, polaco, maltês, grego, dinamarquês, croata e inglês, só para citar alguns. Além disso, cada parte da legislação e qualquer documento importante deve ser traduzido para todos os idiomas.

Foto: Needpix

7. Existe um Cartão Europeu de Seguro de Doença que é oferecido a todos os residentes na União Europeia, bem como em outros grandes países europeus não incluídos na UE. A ideia é que todos os cidadãos, independentemente do país europeu em que se encontrem, possam ter acesso aos cuidados de saúde de que necessitam, caso precisem de atenção médica.

8. Uma curiosidade bem interessante sobre a União Europeia é que os cidadãos podem viver e trabalhar em qualquer país membro. Obviamente, ainda existem alguns regulamentos que dependem de quanto tempo você planeja ficar em um país diferente. Além disso, a mudança de país pode e tornar um pouco mais complicada por conta de questões como barreiras de idioma e diferenças culturais e econômicas, já que alguns países são muito mais desenvolvidos do que outros.

Foto: Pixabay

9. Em 2014, a União Europeia determinou que aspiradores com motores potentes acima de 1.600 watts não seriam mais permitidos. A ideia por trás disso era ajudar a economizar energia e incentivar o uso de dispositivos mais eficientes. A UE também veio a impor restrições à potência dos fornos elétricos. Na mesma linha dos aspiradores, isso provavelmente está relacionado ao consumo de energia.

Leia Também: Qual foi a guerra mais curta da história?
Leia Também: Como o Templo de Ártemis foi destruído?

10. Em 23 de junho de 2016, o Reino Unido votou por meio de referendo a sua saída da União Europeia. A votação do Brexit foi bem acirrada, com cerca de 52% dos votos válidos a favor da saída. No entanto, isso não conta a história toda por si só. Lembre-se que o Reino Unido é composto por quatro países: Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales, sendo que a Inglaterra foi o único país cujos votos para sair superaram em número aqueles que queriam ficar.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou do post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

5 Naufrágios que Entraram Para a História

5 Naufrágios que Entraram Para a História

Como a pasta de dente limpa a boca?