no

Por que os bebês babam tanto?

Embora seja bastante desagradável, a salivação excessiva dos bebês é algo absolutamente normal.

Foto: Pixabay

Se você já passou muito tempo em contato com bebês, já deve ter percebido que eles babam constantemente e, em muitos casos, pode ser um tanto difícil conter tanta saliva. Mas, afinal de contas, por que os bebês babam o tempo todo e o que os pais podem fazer para controlar isso?

É comum presumir que toda essa saliva está relacionada apenas à dentição, mas o fato é que os bebês começam a babar bem antes de seu primeiro dente aparecer. A salivação normalmente começa entre 2 e 4 meses, mas na maioria dos casos, os primeiros surgem somente entre 6 e 9 meses.

Então, se a dentição não é a única culpada por toda a baba que escorre da boca de um bebê, o que é?

Foto: Wikimedia Commons

Os bebês babam por causa do desenvolvimento de suas glândulas salivares

Em geral, a salivação excessiva dos bebês é um sinal de que suas glândulas salivares estão se tornando ativas. Os bebês não produzem muita saliva até os 3 meses de idade. Sua dieta puramente líquida é fácil de engolir e o leite materno não contém amido, então os bebês nem precisam de algumas das propriedades digestivas da saliva. Por isso, a saliva se desenvolve apenas quando o bebê precisa.

Como alguns bebês começam a mostrar sinais de prontidão para receber alimentos sólidos por volta dos 4 meses de idade, o desenvolvimento da baba ocorre exatamente nesse período.

Vale destacar que as funções digestivas da saliva incluem umedecer os alimentos e ajudar a criar um bolo alimentar que possa ser engolido facilmente, de acordo com o Science Daily.

Além de facilitar a alimentação da criança, a saliva também remove os resíduos alimentares e protege os dentes, de acordo com Healthychildren.org. Dito isto, se você é uma pessoa que já tentou escovar os dentes de seu bebê e fracassou miseravelmente, anime-se: essa saliva extra é a forma natural de prevenir a cárie dentária!

Foto: Wikimedia Commons

A dentição ainda detém um papel que explica por que os bebês babam

Embora não seja a causa principal da salivação excessiva dos bebês, o processo de dentição ainda tem a sua parcela de culpa. A principal teoria é que o aumento da movimentação muscular da boca durante a dentição simula a mastigação, o que consequentemente ativa as glândulas salivares.

Então, se você notar que seu bebê está babando mais do que o normal e está exibindo sinais como irritabilidade, falta de apetite, gengivas vermelhas e inchadas ou até mesmo um aumento na vontade de mastigar quase tudo à vista, é bem provável que ele esteja passando pelo processo de dentição.

Com toda essa salivação, é plausível que você encontre alguma erupção de saliva ao redor da boca e do queixo do seu bebê. Nesse caso, limpe suavemente o excesso de baba da pele com água morna e seque, mas não esfregue, pois isso pode prejudicar a pele da criança.

Foto: Pixabay

Uma palavra final

No início, os bebês não sabem como engolir bem a saliva e não possuem uma fileira de dentes para segurá-la na boca, além de serem socialmente ineptos e não se importam com a aparência. Assim, eles se divertem através da saliva, encontrando maneiras de se divertir fazendo bolhas de baba.

Vale mencionar que existe um fluxo salivar normal que mantém a boca e o esôfago do bebê devidamente úmidos, mas fatores como paladar, cheiro, pressão na língua e mastigação podem causar um aumento de dez vezes na salivação.

Leia Também: Por que ainda não existe transplante de cérebro?
Leia Também: Por que soluçamos?

Ainda assim, por mais que seu bebê possa parecer um tanto desajeitado com tanta saliva, o fato é que a baba saindo de sua boca é, na verdade, um sinal de que ele está tendo um desenvolvimento neurológico totalmente normal.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Quem inventou o food truck?

5 Naufrágios que Entraram Para a História

5 Naufrágios que Entraram Para a História