no

Por que a água é transparente?

A cor da água nem sempre é necessariamente transparente, pois varia com as condições ambientais nas quais está presente.

Água transparente
Foto: Pixabay

A água é o recurso natural mais importante do nosso planeta, afinal, nem sequer existiríamos se não fosse esse líquido precioso. Ainda assim, é interessante pensarmos que há vários “mistérios” por trás da água, mesmo com toda a sua significância para a nossa vida. Por exemplo, você sabe por que a água é comumente considerada transparente?

Bem, na verdade, medições de laboratório indicam que a água não é necessariamente, pois tem uma cor bem particular: azul claro. Dada a cor azul do mar, isso pode não ser uma surpresa para muitos, mas ainda assim ela possui certas peculiaridades interessantes que veremos ao longo deste artigo.

Foto: Pixabay

Por que em muitos casos a água aparenta ser transparente?

Você já deve saber que as moléculas de água são constituídas por oxigênio e hidrogênio. Pois bem, o que você talvez ainda não sabe é que essa combinação não consegue absorver uma grande quantidade de energia luminosa. Portanto, sempre que a luz visível passa pela água, ela não consegue absorver muita energia.

Embora essa combinação possa eliminar diferentes comprimentos de onda de luz, ela é particularmente eficaz na absorção de comprimentos de onda mais longos e vermelhos, ao mesmo tempo em que deixa os comprimentos de onda mais curtos e azuis praticamente intocados. Segundo o Science Focus, é exatamente por isso que a água em estado natural tem uma cor azul clara.

A água em um copo tende a ser transparente porque quando a quantidade de água é relativamente pequena, ela parece incolor. Por outro lado, o quando o nível de água aumenta em quantidade (como no caso dos lagos e oceanos), ela tende a adotar uma cor mais escura.

Dito isto, a principal razão para a água parecer azul em alguns lugares e transparente em outros tem a ver com as suas propriedades de absorção de luz. Além disso, a dispersão da luz branca também faz com que a cor da água em grandes corpos d’água seja0 azul aos nossos olhos.

Foto: Pixabay

E quanto à cor das geleiras?

As geleiras são grandes corpos de gelo e neve formados em climas frios por processos que envolvem a compactação da neve cristalizada. Embora as geleiras aparentem ser brancas à distância, quando são vistas de perto e ficam protegidas da luz ambiente direta, elas geralmente adotam um azul profundo devido ao longo caminho da luz refletida.

Quantidades relativamente pequenas de gelo comum parecem brancas porque muitas bolhas de ar estão presentes. Já nas geleiras, a pressão faz com que as bolhas de ar (presas na neve acumulada) sejam espremidas e aumentem a densidade do gelo criado.

Como já foi explicado anteriormente, grandes quantidades de água tendem a projetar uma cor azul bastante escura; portanto, um grande pedaço de gelo comprimido, nesse caso uma geleira, também costuma apresentar a mesma característica.

Foto: Pixabay

Água com cores “estranhas” nem sempre é indicativo de impureza

A presença de cores um tanto “inusitadas” na água nem sempre pode servir como um indicativo de que a fonte em questão não é potável. Como quaisquer partículas e solutos podem absorver luz, como no caso do chá ou do café, as algas dos rios e riachos também costumam conferir à água uma cor azul ou até mesmo esverdeada.

Além disso, determinadas partículas na água também podem promover cores nada comuns. O rio Colorado, por exemplo, costuma ser vermelho lamacento por causa do lodo avermelhado suspenso na sua água. De forma semelhante, alguns lagos e riachos situados em montanhas com rochas finamente moídas costumam apresentar uma cor turquesa.

Leia Também: Como as abelhas escolhem o local para fazer uma nova colmeia?
Leia Também: O que é o Teste de Turing?

No fim das contas, isso comprova que nem sempre a cor da água pode necessariamente atestar a sua qualidade. No entanto, lembre-se que algumas substâncias colorantes, como taninos, podem ser realmente tóxicas para animais se forem ingeridas em grandes concentrações.

Muito interessante, não é mesmo? Se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Como as abelhas escolhem o local para fazer uma nova colmeia?

As rochas podem crescer?