no

O que faz um epidemiologista?

Profissional é muito importante para gerar informações que sirvam de base para a prevenção e tratamento das doenças.

Você sempre teve interesse em trabalhar na área da saúde pública? Possui ótimas habilidades de análise e observação? Se a sua resposta for um “sim” para ambas as perguntas, talvez você devesse seguir a carreira de epidemiologista!

Um epidemiologista é alguém que investiga as causas das doenças e outros problemas de saúde pública para evitar que elas se propaguem ou voltem a acontecer. Na maioria das vezes, eles relatam suas descobertas a especialistas de políticas públicas e ao público em geral.

No seu dia a dia de trabalho, esse profissional pode coletar e analisar dados demográficos para determinar quem está em maior risco para uma determinada doença.

Vale destacar que epidemiologistas de pesquisa geralmente trabalham para universidades, enquanto que epidemiologistas aplicados trabalham com entidades governamentais, lidando diretamente com as crises de saúde.

Epidemiologista
Foto: PxHere

Como é a rotina de trabalho de um epidemiologista?

Os epidemiologistas analisam suas descobertas para determinar a melhor forma de responder a um problema de saúde pública. Os epidemiologistas devem ser precisos e acurados ao passar do campo da observação e do estudo para as conclusões. Eles trabalham com métodos qualitativos (observações e entrevistas) e métodos quantitativos (levantamentos e análise de dados biológicos) em seu trabalho.

Os epidemiologistas geralmente realizam as seguintes tarefas:

  • Planejar e direcionar estudos de problemas de saúde pública para encontrar formas de prevenir e tratar os problemas;
  • Coletar e analisar dados, incluindo aqueles obtidos através de observações, entrevistas, pesquisas e amostras de sangue ou outros fluidos corporais, sempre em busca de encontrar as causas de doenças ou outros problemas de saúde;
  • Comunicar as suas descobertas a profissionais de saúde, legisladores e ao público;
  • Gerenciar programas de saúde pública planejando melhorias, monitorando o progresso das medidas, analisando dados e buscando maneiras de melhorar a saúde pública em geral, entre outras atividades;
  • Supervisionar o pessoal nas esferas profissional, técnica e administrativa da área da saúde.

O problema mais comum com o qual os epidemiologistas de entidades públicas trabalham envolvem as doenças infecciosas, mas eles também examinam outras questões de saúde pública. Epidemiologistas que trabalham no setor privado, por exemplo, geralmente trabalham para companhias de seguro saúde ou farmacêuticas. Quem trabalha em empresas sem fins lucrativos costuma fazer trabalho de defesa pública.

o que faz um epidemiologista 2
Foto: PxHere

Como é o ambiente de trabalho desse profissional?

Os epidemiologistas passam a maior parte do tempo estudando dados e relatórios em um laboratório ou escritório específico. De um modo geral, eles correm riscos mínimos quando trabalham em laboratórios ou no campo, pois tomam muitos cuidados antes de interagir com amostras ou pacientes.

Os epidemiologistas trabalham para esferas dos governos federal, estadual e local, departamentos de saúde, empresas farmacêuticas, laboratórios, hospitais, universidades ou em institutos de pesquisa e desenvolvimento de ciências biológicas. Alguns desses profissionais também fazem trabalho de campo para conduzir entrevistas e coletar amostras para análises.

Epidemiologista
Foto: PxHere

Como se tornar um epidemiologista?

A maioria dos epidemiologistas possui mestrado em Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia ou áreas semelhantes. Epidemiologistas experientes (incluindo aqueles que exercem a profissão em faculdades e universidades) costumam ter um doutorado em seu campo. Os cursos em Epidemiologia incluem saúde pública, biologia e bioestatística.

Leia Também: O que faz um terapeuta ocupacional?
Leia Também: O que faz um especialista em marketing digital?

Na faculdade de medicina, os alunos passam a maior parte dos primeiros dois anos em laboratórios e salas de aula, realizando estudos de áreas como como anatomia, bioquímica, fisiologia, farmacologia, psicologia, microbiologia, patologia, ética médica e leis que regem a medicina. Eles também aprendem a obter históricos médicos, examinar pacientes e diagnosticar doenças.

E você, pretende seguir a carreira profissional de engenheiro mecatrônico? Se você gostou desse post, não se esqueça de compartilhá-lo!

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

Cachorros pensam

Como os cachorros pensam?

Cultivar plantas com luz artificial

É possível cultivar plantas com luz artificial?