no

O que faz um arborista?

Profissão envolve um contato próximo e contínuo com árvores e arbustos.

Foto: TreeMinion15/Wikimedia Commons

Você sempre teve interesse em estudar arboricultura? Consegue subir em grandes árvores sem sentir medo? Gosta de examinar galhos e arbustos? Se a sua resposta é um “sim” para todas essas perguntas, talvez você devesse seguir a carreira de arborista!

Em resumo, um arborista (também chamado de arboricultor) estuda a estrutura e a função das árvores. Coisas como crescimento, cultivo, reações à poda, doenças, decomposição e todos os aspectos da arboricultura podem ser abordados por esse profissional.

Os arboristas também podem se especializar no manejo e no estudo de árvores, arbustos, vinhas e outras plantas lenhosas individuais. Ainda assim, seu trabalho é mais generalizado do que o de um técnico de manutenção de árvores, já que os arboristas cuidam da saúde de toda a árvore, como se fosse uma espécie de “médico de família”.

Ao longo desse artigo, nós vamos analisar a rotina de trabalho de um arborista e reunir as principais informações sobre o que é necessário para se tornar um.

Arborista no trabalho
Foto: PxHere

Como é a rotina de trabalho de um arborista?

As árvores estão por toda parte e oferecem muitos benefícios aos outros seres vivos. Elas oferecem sombra, produzem oxigênio e fornecem alimento, por exemplo. Além disso, elas mantêm ruas e cidades frescas e evitam a erosão do solo.

As árvores também são muito agradáveis de se observar, o que ajuda a explicar por que as pessoas adoram ter árvores ao seu redor. No entanto, assim como os seres humanos, as árvores precisam de cuidados e nutrientes adequados para se manterem saudáveis. Nesses casos, o arborista é o profissional que entra em cena para oferecer esse tipo de cuidado.

Embora as árvores proporcionem muitos benefícios às pessoas, elas podem causar danos se não forem cuidadas. Elas podem crescer ao ponto de danificar linhas de energia ou até mesmo residências inteiras. As árvores também podem causar danos em condições climáticas adversas, o que pode levar a quedas de energia e avarias estruturais em vias públicas.

Aqui estão algumas das principais maneiras pelas quais um arborista pode manter e cuidar das árvores:

Poda de árvores: Os arboristas podem determinar que tipo de poda é necessária para cada árvore. Em suma, a poda promove um crescimento saudável, livra a árvore de qualquer madeira morta e a protege de parasitas.

Remoção de árvores: Como último recurso, um arborista pode recomendar que uma árvore seja removida, embora isso deva ser sempre considerado cuidadosamente. Nesse caso, o arborista possui as habilidades e equipamentos adequados para remover uma árvore com segurança e eficiência.

Plantio de árvores: Plantar uma árvore no lugar certo é importante para a sua saúde da planta a longo prazo. Um arboricultor pode determinar o local apropriado para o plantio de uma determinada árvore e ajudar no seu desenvolvimento.

Cuidados de emergência com árvores: Tempestades e ventos fortes podem causar grandes danos às árvores ou ramos individuais. Se uma árvore for derrubada ou seus galhos danificarem casas ou linhas de energia, um arborista pode ser chamado para garantir que a situação seja tratada de maneira adequada.

Vale mencionar que os arboristas podem fornecer outros serviços, como controle de pragas, fertilização, aeração e proteção contra raios.

Os arboristas podem identificar doenças ou parasitas para garantir que as árvores tenham a capacidade de se livrar de quaisquer agentes prejudiciais. Um arborista também pode ser consultado para dar dicas que ajudarão a determinar quando os serviços de arboricultura serão necessários.

Arborista trabalhando
Foto: PxHere

Como é o ambiente de trabalho dos arboristas?

Por razões óbvias, os arboristas passam a maior parte do tempo ao ar livre, trabalhando em todos os tipos de condições climáticas. Às vezes, eles são chamados para situações de emergência que podem resultar em longas jornadas de trabalho, por exemplo, quando tempestades derrubam árvores, causando bloqueios no fluxo do trânsito ou falta de energia.

É importante deixar claro que trabalhar como arborista não costuma ser um trabalho sazonal. Na verdade, há muito trabalho a ser feito nos meses mais frios, quando as árvores ficam dormentes, sendo que esse pode ser o momento ideal para podar ou cortar as árvores. Por conta disso, estar fisicamente apto e desfrutar do trabalho físico é uma parte importante do trabalho.

Foto: Pixabay

Como se tornar um arborista?

Não há uma faculdade específica para a formação de arboristas; portanto, a qualificação para a profissão pode variar de um diploma do ensino médio para um grau pós-secundário, dependendo do empregador.

Para aqueles que desejam trabalhar em empresas de serviços públicos de grande porte ou em setores municipais podem precisar de um diploma universitário em um campo como botânica, silvicultura ou horticultura. Lembre-se que há também cursos livres que podem ajudar na especialização do profissional.

Por ser uma profissão sem um caminho profissional claramente definido, os arboristas que querem melhorar suas perspectivas de emprego devem considerar a obtenção de certificados. Para isso, a Sociedade Internacional de Arboricultura oferece seis categorias de certificação.

Leia Também: O que faz um ornitólogo?
Leia Também: Conheça o porco-do-mar, animal que come carniça e respira pelo ânus

Vale destacar que as taxas e a complexidade dos exames profissionais variam dependendo do nível de certificação. Para manter a certificação, os indivíduos podem refazer o exame a cada três anos.

E você, tem interesse em seguir essa carreira? Se você gostou do post, não se esqueça de compartilhá-lo! 😉

Esse post merece um GOSTEI ou NÃO GOSTEI?

O que a cor da gema pode nos dizer sobre um ovo?

É seguro comer neve?